Nova carteira do Índice Bovespa tem entrada de ações da Azul e do IRB; Log Com sai

Nova carteira do Índice Bovespa tem entrada de ações da Azul e do IRB; Log Com sai

Arena do Pavini  | 02.05.2019 14:17

Nova carteira do Índice Bovespa tem entrada de ações da Azul e do IRB; Log Com sai

Arena do Pavini - A B3 divulgou hoje a terceira prévia da nova composição da carteira teórica do Índice Bovespa, que valerá a partir do dia 6 de maio, segunda-feira, até dia 30 de agosto de 2019. Assim, haverá ainda um dia de negociação para a definição final do índice. Mas as entradas e saídas de ações não devem mudar. Na terceira prévia divulgada hoje, com base no fechamento do pregão de 30 de abril, está prevista a entrada das ações preferenciais (PN, sem votos) da Azul (SA:AZUL4) e dos papéis ordinários (ON, com voto) do IRB Brasil (SA:IRBR3). Já o papel ON da Log (SA:LOGG3) deve sair. Com isso, o índice passará a ter 66 ativos de 63 empresas, ante 65 ativos hoje.

Os cinco ativos que apresentaram o maior peso na composição do índice foram: Itau Unibanco (SA:ITUB4) (9,999%), Vale (SA:VALE3) (9,882%), Bradesco (SA:BBDC4) (8,636%), Petrobras PN (SA:PETR4) (7,359%) e Petrobras ON (SA:PETR3) (5,085%). Comparando com a carteira atual, válida de 7 de janeiro a 3 de maio, Itaú Unibanco perdeu participação (tinha 10,801%), assim como a Vale (10,774%). Já o Bradesco ganhou peso no índice (8,570% na carteira anterior), assim como Petrobras PN (7,208%) e Petrobras ON (5,015%).

O peso de cada ação é calculado pelo seu valor de mercado, ponderado pelo seu volume de negócios. Acompanhar a carteira do índice é importante pois muitos investidores a usam como referência para montar suas carteiras. Isso facilita o acompanhamento do desempenho e ajuda na montagem de operações de proteção (hegde) ou arbitragem nos mercados futuros. Muitos fundos passivos apenas acompanham a carteira, como os fundos com cotas negociadas em bolsa, os ETFs, como o BOVA11 (SA:BOVA11). E mesmo os fundos ativos costumam usar parte da carteira do índice, mudando apenas alguns papéis.

Assim, uma empresa que entra no índice passa a fazer parte da carteira de grandes investidores e costuma se valorizar e ganhar liquidez, além de ser mais acompanhadas por analistas de corretoras e bancos. Já o contrário ocorre com as que saem.

A B3 divulga regularmente três prévias das novas composições dos índices: a 1ª prévia, no primeiro pregão do último mês de vigência da carteira em vigor; a 2ª prévia, no pregão seguinte ao dia 15 do último mês de vigência da carteira em vigor e a 3ª prévia, no penúltimo pregão de vigência da carteira em vigor.

A B3 também divulga as carteiras dos outros índices.

Um índice importante é o Índice Brasil Bovespa 100, que reúne as 100 empresas mais negociadas e com maior valor de mercado, e que costuma ser usado pelos fundos de pensão e grandes investidores institucionais como referência. O IBrX-100 registra a saída das ações ON da Log Com Prop. (LOGG3) e da Valid (SA:VLID3) e a entrada da unit (recibo de ações) do BTG Pactual (SA:BPAC11). O IBrX-100 tem agora 100 ações.

Já o IBrX 50, que serve de referência para o ETF It Now PIBB11, o pioneiro e um dos maiores fundos com cotas negociadas em bolsa do mercado, registra a saída da Qualicorp (SA:QUAL3) e da Hypera (SA:HYPE3) e a entrada de Sabesp ON (SA:SBSP3) e Multiplan ON (SA:MULT3).

Por Arena do Pavini

Relacionadas

Últimos comentários

Adicionar comentário
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Jose Carlos Pecanha
Jose Carlos Pecanha

irbr e linda só nos da alegria  ... (Leia Mais)

02.05.2019 21:37 GMT· Responder
MARCIO TAVARES
MARCIO TAVARES

a propósito, LOGG3 me parece um negócio razoável, mas razoável   ... (Leia Mais)

02.05.2019 19:31 GMT· Responder
MARCIO TAVARES
MARCIO TAVARES

presta atenção onde vc aplica o seu dinheiro, tudo é investimento, todo investimento é negócio, e todo negócio tem que fazer sentido, pára de comprar coisas q nem sabe o nome...   ... (Leia Mais)

02.05.2019 19:29 GMT· Responder
MARCIO TAVARES
MARCIO TAVARES

sou sócio de várias empresas que não estão no IBOV, nem no IRBX100, nem mesmo na bolsa... sou sócio da minha filha num business de tatuagem, ela nem está na bolsa  ... (Leia Mais)

02.05.2019 19:26 GMT· 1 · Responder
Flavio Macedo
Flavio Macedo

O que acontece com o investidor que tem ações da LOGG3, com a saída da BOVESPA?  ... (Leia Mais)

02.05.2019 18:34 GMT· 3 · Responder
Flavio Macedo
Flavio Macedo

O que acontece , com a saída da LOGG3 da bovespa, com quem tem ações da empresa?  ... (Leia Mais)

02.05.2019 18:27 GMT· 1 · Responder
Jose Azevedo
Jose Azevedo

a Petrobras está a -0,37% em NY aqui está -1,66 % vai entender.  ... (Leia Mais)

02.05.2019 17:48 GMT· Responder
Jose Florencio Almeida
Jose Florencio Almeida

forte queda do petroleo , é o mesmo que a petrobras ter reajustado seus preços em mais de 10 por cento. acordemos para o tamanho do lucro dado a petrobras neste intante , mercado cegou pelo nervosismo  ... (Leia Mais)

02.05.2019 17:40 GMT· Responder
Discussão
Escrever uma resposta...
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.

Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos neste site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas neste site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos neste site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.

English (USA) English (UK) English (India) English (Canada) English (Australia) English (South Africa) English (Philippines) English (Nigeria) Deutsch Español (España) Español (México) Français Italiano Nederlands Português (Portugal) Polski Русский Türkçe ‏العربية‏ Ελληνικά Svenska Suomi עברית 日本語 한국어 中文 香港 Bahasa Indonesia Bahasa Melayu ไทย Tiếng Việt हिंदी
Sair
Tem certeza de que deseja sair?
NãoSim
CancelarSim
Salvando Alterações

+