Oi pede mais prazo para concluir recuperação judicial

Oi pede mais prazo para concluir recuperação judicial

Reuters  | 06.12.2019 22:41

Oi pede mais prazo para concluir recuperação judicial

SÃO PAULO (Reuters) - A operadora de telecomunicações Oi (SA:OIBR3) informou nesta sexta-feira que pediu à Justiça mais prazo para concluir seu processo de recuperação judicial, cujo prazo de supervisão termina em fevereiro de 2020.

O requerimento apresentado à 7ª Vara Empresarial do Rio de Janeiro, sustenta que a prorrogação não traz mudanças para a situação atual do grupo não tem impacto quanto ao cumprimento do plano, nem em relação a créditos nem a eventuais novos recursos que forem obtidos.

"A continuidade de supervisão judicial ao fim do período de dois anos é uma medida natural que tem sido aplicada na maior parte dos processos de recuperação judicial", argumentou a Oi.

A empresa afirmou no fato relevante que o plano está tendo bom andamento, já tendo concluído grande parte das etapas do processo, mas que há elementos complexos a serem resolvidos.

O documento afirma ainda que a empresas já começa a ter resultados operacionais e financeiros positivos, o que será acelerado a partir de 2020 e consolidado em 2021.

(Por Aluísio Alves)

Relacionadas

Últimos comentários

Adicionar comentário
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Lucano Lucano
Lucano Lucano

Oi é para 2022/2023!Quem segurar vai se dar bem!Tenho ela a pm de 0,75$ que na minha opiniao é um otimo preço dadas circunstancias!  ... (Leia Mais)

07.12.2019 20:44 GMT· 4 · Responder
brasilstocks
brasilstocks

Nada é coincidência; o PLC de desconto de 70% da divida tem a ver com o erro ontem nos dados de alugueis (possível  auditoria). As ações são ativos a ser protegidos por lei RJ e tem  implícito não deixar venda a descoberto para baixar artificialmente o preço no mercado, fazendo um criminoso comercio de ações protegidas por RJ. em vez do comercio normal de comprar primeiro y vender depois. A provável inclusão dessa regulação explicita agora  no PLC de desconto da divida RJ, pode ser a causa do erro em alugueis. Ainda, as ações em RJ são garantia da divida.  ... (Leia Mais)

07.12.2019 20:27 GMT· Responder
Francisco Acv
Francisco Acv

2090 ta bom?  ... (Leia Mais)

07.12.2019 15:23 GMT· 1 · Responder
Adailson Hubner
Adailson Hubner

Tomara que a OI realmente saia do buraco.  ... (Leia Mais)

07.12.2019 02:34 GMT· 3 · Responder
Discussão
Escrever uma resposta...
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.

Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos neste site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas neste site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos neste site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.

English (USA) English (UK) English (India) English (Canada) English (Australia) English (South Africa) English (Philippines) English (Nigeria) Deutsch Español (España) Español (México) Français Italiano Nederlands Português (Portugal) Polski Русский Türkçe ‏العربية‏ Ελληνικά Svenska Suomi עברית 日本語 한국어 中文 香港 Bahasa Indonesia Bahasa Melayu ไทย Tiếng Việt हिंदी
Sair
Tem certeza de que deseja sair?
NãoSim
CancelarSim
Salvando Alterações

+