Quais empresas podem se beneficiar do dólar mais forte? BTG mostra três favoritas

Quais empresas podem se beneficiar do dólar mais forte? BTG mostra três favoritas

Money Times  | 11.09.2019 16:15

Quais empresas podem se beneficiar do dólar mais forte? BTG mostra três favoritas

Money Times - O BTG Pactual (SA:BPAC11) publicou relatório nesta quinta-feira (11) sobre empresas com alta correlação à taxa de câmbio, avaliando quais companhias podem se beneficiar da valorização recente do dólar.

A seleção das empresas, segundo os analistas Carlos Sequeira, Bernardo Teixeira e Osni Carli, leva em conta os seguintes fatores: exposição das receitas ao euro e ao dólar; custos listados nas divisas norte-americana e europeia; proporção da dívida denominada nas moedas dos EUA e da Zona do Euro e quanto destas pendências possuem como hedge euro e dólar.

“Na teoria, os vencedores e perdedores em um cenário de desvalorização do real podem ser facilmente identificados”, afirma o banco, listando as seguintes empresas: Embraer (SA:EMBR3), JBS (SA:JBSS3) e Minerva (SA:BEEF3) como principais beneficiárias a um dólar mais forte.

As ações das duas processadoras de alimentos também deverão se beneficiar da gripe suína na China. Já os papeis da fabricante de aviões estão subavaliados na visão do BTG Pactual, devido às preocupações recentes dos investidores em relação ao acordo com a Boeing.

Contra o dólar

Do outro lado, as ações da M. Dias Branco (SA:MDIA3) e da Gol (SA:GOLL4) deverão ser penalizadas com a valorização da moeda norte-americana. As primeiras poderão sofrer devido aos custos de matérias-primas (especialmente trigo), correspondentes a 55% do total, serem cotados em dólar.

Por sua vez, os papeis da companhia aérea poderão ter impacto negativo devido a seus custos – principalmente com combustível – serem cotados em dólar, aproximadamente 50%, a despeito de 15% das vendas ocorrerem via divisa norte-americana.

Por Money Times

Relacionadas

Últimos comentários

Adicionar comentário
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Fabio Piloto
Fabio Piloto

E a Vale que é nossa maior exportadora com o minério a USD 90 ?  ... (Leia Mais)

11.09.2019 22:47 GMT· Responder
Discussão
Escrever uma resposta...
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.

Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos neste site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas neste site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos neste site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.

English (USA) English (UK) English (India) English (Canada) English (Australia) English (South Africa) English (Philippines) English (Nigeria) Deutsch Español (España) Español (México) Français Italiano Nederlands Português (Portugal) Polski Русский Türkçe ‏العربية‏ Ελληνικά Svenska Suomi עברית 日本語 한국어 中文 香港 Bahasa Indonesia Bahasa Melayu ไทย Tiếng Việt हिंदी
Sair
Tem certeza de que deseja sair?
NãoSim
CancelarSim
Salvando Alterações

+