Realização de lucros quebra série de altas do Ibovespa; Via Varejo sobe

Realização de lucros quebra série de altas do Ibovespa; Via Varejo sobe

Reuters  | 11.11.2020 18:30

Realização de lucros quebra série de altas do Ibovespa; Via Varejo sobe

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) - O Ibovespa teve uma queda discreta nesta quarta-feira, reflexo de realização de lucros, quebrando uma sequência de seis pregões de alta, com as ações da Braskem (SA:BRKM5) entre as maiores baixas após forte prejuízo trimestral, enquanto os papéis da Via Varejo (SA:VVAR3) lideraram os ganhos antes do balanço.

Índice de referência do mercado acionário brasileiro, o Ibovespa caiu 0,25%, a 104.808,83 pontos. Na máxima, chegou a trabalhar no campo positivo, a 105.432,33 pontos. A queda vem após acumular quase 12% de alta nos últimos seis pregões e flertar com níveis pré-pandemia de Covid-19. O volume financeiro nesta sexta-feira somou 32,4 bilhões de reais.

"É um movimento bem plausível visto as altas que tivemos nos dias anteriores", afirmou o superintendente de Operações e sócio da BlueTrade, Leonardo Peggau, classificando a queda como uma correção normal de mercado e não descartando novos ajustes, mas ressaltando que continua otimista com a bolsa.

Na visão de Peggau, mesmo uma segunda onda de Covid-19 não deve abalar o mercado como ocorreu em março. "O mercado tem medo de incerteza, do que não sabe, não conhece", afirmou, avaliando que já há um melhor entendimento sobre os reflexos da doença, bem como a capacidade do mercado de reajustar.

"O mercado está forte, nossa visao é bem positiva, o final de ano tende a ser bem positivo", acrescentou. "Se cair mais nesta semana, (seria) normal, não nos assustaríamos."

Ele chamou a atenção para salto de capital externo positivo em novembro no mercado secundário de ações brasileiro, como sinal adicional do viés mais otimista, com investidores assumindo risco, principalmente em emergentes. No mês, até o dia 9, o saldo esta positivo em 7,76 bilhões de reais.

Também no radar esteve o rebalanceamento dos índices MSCI Global Standard que entrará em vigor a partir de 1º de dezembro, e que no caso do MSCI Brazil incluiu as ações de Alpargatas (SA:ALPA4), Bradespar (SA:BRAP4) e Totvs (SA:TOTS3). Os papéis de Braskem, Cielo (SA:CIEL3), Cogna (SA:COGN3), IRB Brasil (SA:IRBR3) e Porto Seguro (SA:PSSA3) foram excluídos.

DESTAQUES

- BRASKEM PNA (SA:BRKM5) caiu 6,57%, após divulgar prejuízo líquido de 1,4 bilhão de reais no terceiro trimestre, afetado por provisão adicional referente a evento geológico de Alagoas e efeito cambial. A petroquímica também afirmou não ter 100% de certeza de que provisões já feitas sobre Alagoas poderão cobrir todas as demandas.

- ULTRAPAR ON (SA:UGPA3) recuou 6,82%, também entre os destaques negativos, após subir consecutivamente nos últimos seis pregões, acumulando valorização de mais de 30% no período.

- VIA VAREJO ON (SA:VVAR3) valorizou-se 5,61% antes do balanço previsto para após o fechamento o pregão, com o setor de ecommerce como um todo recuperando-se na bolsa após um começo de mês com ajustes negativos. MAGAZINE LUIZA ON (SA:MGLU3) subiu 1,43% e B2W ON (SA:BTOW3) fechou com acréscimo de 2,27%. Nos Estados Unidos, MERCADO LIVRE (NASDAQ:MELI) avançou 6,4%.

- ITAU UNIBANCO PN (SA:ITUB4) cedeu 0,83%, com agentes financeiros embolsando lucros recentes, embora tenha reduzido as perdas durante da sessão. BRADESCO PN (SA:BBDC4) fechou em baixa de 0,41%. O destaque ficou com BTG PACTUAL UNIT (SA:BPAC11), que subiu 5,32%, segunda maior alta do Ibovespa.

- PETROBRAS PN (SA:PETR4) caiu 0,87%, apesar de nova alta dos preços do petróleo no exterior, em dia de correção, após os papéis da companhia subirem quase 17% apenas nos últimos dois pregões. PETROBRAS ON (SA:PETR3) encerrou com variação negativa de 0,06%.

© Reuters. .

- CARREFOUR ON (SA:CRFB3) recuou 2,24%, revertendo a abertura mais positiva, tendo de pano de fundo resultado do terceiro trimestre, apesar do lucro líquido ajustado de 757 milhões de reais de julho a setembro, alta de 73,1% ante o mesmo período de 2019.

- AERIS ON, que não está no Ibovespa, disparou 17,12%, a 6,50reais, em sua estreia na B3 (SA:B3SA3), após a produtora de pás para turbinas de energia eólica precificar oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) a 5,5 reais por ação, abaixo da faixa estimada pelos coordenadores.

Últimos comentários

Adicionar comentário
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
João Jorge
João Jorge

A bolha sempre soprada !!!  ... (Leia Mais)

11.11.2020 22:27 GMT· Responder
Fernando Rodrigues
Fernando Rodrigues

amanhã realização de lucros de volta.....  ... (Leia Mais)

11.11.2020 21:40 GMT· Responder
Discussão
Escrever uma resposta...
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.

Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos neste site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas neste site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos neste site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.

English (USA) English (UK) English (India) English (Canada) English (Australia) English (South Africa) English (Philippines) English (Nigeria) Deutsch Español (España) Español (México) Français Italiano Nederlands Português (Portugal) Polski Русский Türkçe ‏العربية‏ Ελληνικά Svenska Suomi עברית 日本語 한국어 简体中文 繁體中文 Bahasa Indonesia Bahasa Melayu ไทย Tiếng Việt हिंदी
Sair
Tem certeza de que deseja sair?
NãoSim
CancelarSim
Salvando Alterações

+

Baixe o aplicativo do Investing.com

Receba gratuitamente cotações, gráficos e alertas em tempo real sobre ações, índices, moedas, commodities e títulos. Acesse gratuitamente as melhores análises e previsões técnicas.

Investing.com é melhor no App!

Mais conteúdo, cotações e gráficos mais rápidos e uma experiência melhor estão disponíveis apenas no aplicativo.