StockBeat: Brexit de May impulsiona alta dos mercados, Adyen cai com venda

StockBeat: Brexit de May impulsiona alta dos mercados, Adyen cai com venda

Investing.com  | 12.03.2019 05:58

StockBeat: Brexit de May impulsiona alta dos mercados, Adyen cai com venda

Por Geoffrey Smith

Investing.com - As ações europeias estão voando nesta terça-feira de manhã, depois que a primeira-ministra britânica Theresa May reivindicou um grande avanço nas negociações sobre o Brexit com o presidente da Comissão Européia, Jean-Claude Juncker, na segunda-feira.

Eles também estão recebendo um impulso de uma mudança de sentimento em relação às ações de tecnologia dos EUA, e um novo sopro de otimismo sobre o fim da guerra comercial EUA-China, após relatos durante a noite sobre uma chamada telefônica entre secretário de comércio americano Robert Lighthizer e o correspondente chinês Liu He.

Às 06h00, o índice de referência Euro Stoxx 600 subia 3,58 pontos, ou 1,0%, a 374,16.

O grande destaque entre os mercados europeus é, obviamente, o Reino Unido, onde o FTSE 100 caiu 0,3% devido ao forte aumento da libra esterlina com as notícias Brexit. Isso atinge as grandes empresas de recursos, como a Royal Dutch Shell (LON:RDSa). Mas as ações mais voltadas para o Reino Unido, como Persimmon (LON:PSN), Taylor Wimpey (LON:TW), Barratt Developments (LON:BDEV) e Berkeley Group (LON:BKGH), estão superando o desempenho. O índice mid-cap FTSE 250, que tem menos exposição internacional do que o índice blue-chip, subiu 0,4%.

Ainda não está claro se o progresso anunciado por May na noite passada será o suficiente para que o acordo de retirada do parlamento seja concluído em uma votação-chave marcada para mais tarde nesta terça-feira. O acordo foi rejeitado por uma margem de 230 votos em janeiro e aqueles que se opõem ainda não disseram se vão apoiar a versão melhorada.

Em notícias não-Brexit, a empresa de pagamentos Adyen (AS:ADYEN), a IPO mais bem sucedida do ano passado, caiu mais 5% após os primeiros acionistas venderem uma participação de 8,5%, no valor de 1,5 bilhão de euros, através de um bookbuild acelerado. E o Commerzbank (DE:CBKG) da Alemanha subiu mais 7,0% depois que o ministro das Finanças Olaf Scholz (cujo governo possui cerca de 15% do banco) confirmou discussões informais sobre uma fusão com o Deutsche Bank (DE:DBKGn). Em contraste com ontem, o Deutsche não está mais subindo com as notícias, em parte devido a uma reportagem do New York Times dizendo que o escritório do procurador-geral de Nova York intimou o banco na segunda-feira em relação às suas negociações com o presidente Donald Trump.

Relacionadas

Últimos comentários

Adicionar comentário
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Discussão
Escrever uma resposta...
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.

Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos neste site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas neste site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos neste site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.

English (USA) English (UK) English (India) English (Canada) English (Australia) English (South Africa) English (Philippines) English (Nigeria) Deutsch Español (España) Español (México) Français Italiano Nederlands Português (Portugal) Polski Русский Türkçe ‏العربية‏ Ελληνικά Svenska Suomi עברית 日本語 한국어 中文 香港 Bahasa Indonesia Bahasa Melayu ไทย Tiếng Việt हिंदी
Sair
Tem certeza de que deseja sair?
NãoSim
CancelarSim
Salvando Alterações

+