Vale tem forte queda após resultado do 4ºtri frustrar consenso

Vale tem forte queda após resultado do 4ºtri frustrar consenso

Investing.com  | 21.02.2020 11:02

Vale tem forte queda após registrar prejuízo de US$ 1,56 bi no 4º trimestre

Por Gabriel Codas

Investing.com - Na primeira hora de negócios desta sexta-feira na bolsa paulista, as ações da Vale (SA:VALE3) operam com forte queda, puxada pelo balanço divulgado na véspera e pelo cenário externo adverso. A companhia informou que encerrou o quarto trimestre com prejuízo líquido de US$ 1,56 bilhão no quarto trimestre de 2019, ante lucro líquido de US$ 3,79 bilhões no mesmo período do ano anterior, principalmente devido a baixas contábeis e provisões relacionadas ao rompimento de barragem em janeiro de 2019. A estimativa do mercado era um lucro líquido da mineradora de US$ 700 milhões no período.

Assim, por volta das 11h00, os papéis perdiam 2,84% a R$ 50,72.

Em seu relatório de desempenho financeiro publicado nesta quinta-feira, a companhia reportou baixas contábeis de US$ 4,2 bilhões entre outubro e dezembro em ativos da Vale (SA:VALE3) Nova Caledônia e da mina de carvão de Moçambique.

Segundo a empresa, a operação da Nova Caledônia enfrentou problemas desafiadores ao longo de 2019, principalmente nas atividades de produção e processamento.

Para a XP Investimentos, a Vale (SA:VALE3) reportou resultados em linha no quarto trimestre, com o EBITDA ajustado de US$4,7 bilhões e queda de -3% na comparação trimestral, +3% vs. XPe e +2% vs. consenso – incluindo provisões adicionais de US$898 milhões relacionadas a acordos e doações (US$227 milhões) e atualizações no plano de descaracterização de barragens (US$671 milhões, anunciado em 11 de fevereiro).

Os analistas destacam a forte geração de caixa de US$1,3 bilhão, que foi novamente o principal ponto positivo, mantendo a dívida líquida/EBITDA em 0,5x. Devido aos baixos níveis de alavancagem e à forte geração de caixa, na visão deçes, potenciais dividendos devem ser o foco em 2020.

A corretora vê as ações da Vale (SA:VALE3) sendo negociadas a 4,2x EV/EBITDA 2020, versus pares globais a 5,5x. Para a equipe, a Vale deve negociar com um prêmio versus seus pares, devido às mudanças estruturais no setor siderúrgico na China (maiores taxas de utilização) que favorecem os prêmios de qualidade e, portanto, os produtos da Vale e tendência de redução de custos no longo prazo com retomada das operações atualmente suspensas.

O Banco do Brasil Investimentos aponta que, no futuro, Vale (SA:VALE3) continuará trabalhando para retomar os 40Mt de capacidade interrompida após Brumadinho, com um plano de 15Mt para 2020 e 25Mt para 2021 (dependendo da concessão de autorização externa), o que leva as diretrizes de produção de IO para 340-355 Mt 2020e.

Além disso, o S11D deverá contribuir com 90Mt de minério de ferro de alta qualidade na produção deste ano, o que deve continuar a beneficiar os preços e margens realizados. Portanto, o banco mantém o preço-alvo YE20 para a VALE EUA em US$ 17,0/ação e para a VALE3 (SA:VALE3) em R$ 68/ação, mantendo o rating Outperform.

Uma das maiores produtoras globais de minério de ferro, a empresa teve um lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) ajustado de 3,5 bilhões de dólares nos últimos três meses de 2019, queda de 20,8% ante o mesmo período de 2018.

O Ebitda ajustado do segmento de minerais ferrosos foi de 4,538 bilhões de dólares no quarto trimestre, em linha com o trimestre anterior, apesar de menores preços de venda, o que foi parcialmente compensado por maiores volumes de venda, menores custos e maiores dividendos recebidos.

Relacionadas

Últimos comentários

Adicionar comentário
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Denis Costa
Denis Costa

So n entendo o titulo forte queda... semana passada ela estava a 50,00   ... (Leia Mais)

21.02.2020 17:09 GMT· Responder
Ricardo Muradas
Ricardo Muradas

O que a Vale não quer é pagar Dividendo , agora foram as intermináveis PROVISÕES ,  , no trimestre que termina em MARÇO , sera o CORONAVIRUS , EMPRESA FAJUTA !  FORA PRESIDENTE É DIRETORIA !!!  ... (Leia Mais)

21.02.2020 14:42 GMT· Responder
Renato Carriao
Renato Carriao

A redação da análise está tecnicamente errada. "EBITDA ajustado de US$4,7 bilhões e queda de -3% na comparação trimestral, +3% vs. XPe e +2% vs. consenso – incluindo provisões adicionais de US$898 milhões relacionadas a acordos e doações (US$227 milhões) e atualizações no plano de descaracterização de barragens (US$671 milhões, anunciado em 11 de fevereiro)". Parece que o EBTIDA ajustado de US$ 4,7 BI JÁ CONSIDERA (inclui) os provisionamentos não recorrentes de Brumadinho. O EBTIDA ajustado foi de US$ 3,536 Bi. Dito isso, concordo com o analista quanto ao RESULTADO OPERACIONAL EXCLUINDO os provisionamentos. A VALE apresentou forte geração de caixa, mostrando potencial de crescimento futuro.   ... (Leia Mais)

21.02.2020 14:15 GMT· Responder
francisco silva
francisco silva

Oh coisa boa. Essa vale é muito metida.  ... (Leia Mais)

21.02.2020 14:06 GMT· Responder
Discussão
Escrever uma resposta...
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.

Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos neste site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas neste site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos neste site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.

English (USA) English (UK) English (India) English (Canada) English (Australia) English (South Africa) English (Philippines) English (Nigeria) Deutsch Español (España) Español (México) Français Italiano Nederlands Português (Portugal) Polski Русский Türkçe ‏العربية‏ Ελληνικά Svenska Suomi עברית 日本語 한국어 中文 香港 Bahasa Indonesia Bahasa Melayu ไทย Tiếng Việt हिंदी
Sair
Tem certeza de que deseja sair?
NãoSim
CancelarSim
Salvando Alterações

+

Baixe o App

Mais informações sobre o mercado, mais alertas, mais opções de personalizar seus ativos em sua carteira, apenas pelo App