Ciclone mata ao menos 82 e inunda partes da Índia e de Bangladesh

Ciclone mata ao menos 82 e inunda partes da Índia e de Bangladesh

Reuters  | 21.05.2020 10:15

Ciclone mata ao menos 82 e inunda partes da Índia e de Bangladesh

Por Ruma Paul e and Subrata Nagchoudhury

CALCUTÁ/DACA (Reuters) - O ciclone mais forte a atingir o leste da Índia e Bangladesh em mais de uma década matou ao menos 82 pessoas, disseram autoridades, enquanto equipes de resgate buscam sobreviventes em vilarejos litorâneos devastados, afetados também pela queda de linhas de energia e com grandes extensões de terra debaixo de água.

Retiradas em massa organizadas pelas autoridades antes da chegada do ciclone Amphan salvaram vidas, mas a extensão total das baixas e dos danos infligidos pelo ciclone a propriedades só será conhecida quando as comunicações forem restabelecidas, disseram autoridades.

No Estado indiano de Bengala Ocidental, ao menos 72 pessoas morreram, afirmou nesta quinta-feira a ministra-chefe, Mamata Banerjee. Na vizinha Bangladesh, os primeiros registros indicavam 10 mortes.

A maioria das mortes foi causada por árvores arrancadas por ventos que chegaram a 185 quilômetros por hora e por uma maré de tempestade de cerca de cinco metros que inundou áreas costeiras baixas quando o ciclone passou diante do Golfo de Bengala na quarta-feira.

"Nunca vi um ciclone assim na minha vida. Parecia o fim do mundo. Tudo que eu podia fazer era rezar... Alá todo-poderoso nos salvou", disse Azgar Ali, morador de 49 anos do distrito de Satkhira, no litoral de Bangladesh, à Reuters.

Designado como um super ciclone, o Amphan enfraqueceu desde que chegou ao continente. Seguindo terra adentro através de Bangladesh, ele foi rebaixado pelo escritório climático da Índia para uma tempestade ciclônica nesta quinta-feira, e se prevê que se reduzirá a uma depressão mais tarde.

Mohammad Asaduzzaman, policial graduado de Satkhira, descreveu a destruição que o Amphan deixou em seu rastro.

"A devastação é enorme. Muitos vilarejos estão inundados. Ele arrancou telhados de estanho, rompeu linhas de energia e arrancou árvores".

É cada vez maior o receio de inundação em Sundarbans, uma região ecologicamente frágil que se estende pela fronteira entre Índia e Bangladesh e é conhecida pelas florestas de mangues espessas e suas reservas de tigres.

© Reuters. Moradora de Bangladesh recolhe seus pertences após ter casa destruída por ciclone Amphan

"A maré de tempestade submergiu certa parte da floresta", disse Belayet Hossain, autoridade florestal do lado bengalês da floresta. "Vimos árvores arrancadas, os telhados de estanho das torres de guarda voando longe", disse.

Do lado indiano de Sundarbans, a autoridade de um vilarejo disse que as margens que cercam uma ilha baixa onde cerca de 5 mil pessoas moram foram inundadas e que não conseguiu contatar as autoridade para pedir ajuda.

"Não conseguimos informá-las sobre nada desde a noite passada", disse Sanjib Sagar à Reuters.

Relacionadas

Últimos comentários

Adicionar comentário
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Discussão
Escrever uma resposta...
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.

Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos neste site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas neste site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos neste site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.

English (USA) English (UK) English (India) English (Canada) English (Australia) English (South Africa) English (Philippines) English (Nigeria) Deutsch Español (España) Español (México) Français Italiano Nederlands Português (Portugal) Polski Русский Türkçe ‏العربية‏ Ελληνικά Svenska Suomi עברית 日本語 한국어 简体中文 繁體中文 Bahasa Indonesia Bahasa Melayu ไทย Tiếng Việt हिंदी
Sair
Tem certeza de que deseja sair?
NãoSim
CancelarSim
Salvando Alterações

+

Baixe o aplicativo do Investing.com

Receba gratuitamente cotações, gráficos e alertas em tempo real sobre ações, índices, moedas, commodities e títulos. Acesse gratuitamente as melhores análises e previsões técnicas.

Investing.com é melhor no App!

Mais conteúdo, cotações e gráficos mais rápidos e uma experiência melhor estão disponíveis apenas no aplicativo.