Síria amplia ofensiva e total de civis mortos aumenta

Síria amplia ofensiva e total de civis mortos aumenta

Reuters  | 17.08.2019 15:20

Síria amplia ofensiva e total de civis mortos aumenta

BEIRUTE (Reuters) - Ataques aéreos mataram mais de duas dúzias de civis no noroeste da Síria nos últimos dois dias, em uma escalada da ofensiva apoiada pela Rússia contra um dos últimos grandes bastiões rebeldes, afirmaram neste sábado uma entidade de monitoramento da guerra e ativistas locais.

Um ataque aéreo à vila de Deir Sharki matou sete membros de uma família, a maioria crianças, na manhã deste sábado, afirmou o Observatório Síria para Direitos Humanos. Mais sete pessoas foram mortas em bombardeios a outras áreas, disse.

Na sexta-feira, ataques aéreos na vila e al-Haas mataram 13 pessoas. Entre os mortos, estavam uma mulher grávida e seu bebê por nascer, afirmaram ativistas locais e o Observatório. Eles buscavam abrigo, após fugirem de outra área. 

Rami Abdulrahman, diretor do Observatório, afirmou que o objetivo do governo era aparentemente forçar civis a fugirem de áreas que haviam passado relativamente ilesas pela escalada militar que começou no fim de abril. 

“Estão bombardeando cidades e seus arredores para forçar as pessoas a fugir”, disse, acrescentando que centenas de famílias dirigiam-se ao norte, para longe das áreas alvos. 

Ahmad al-Dbis, administrador de segurança da União de Organizações de Assistência Médica e Alívio (UOSSM), que apoia estabelecimentos médicos no noroeste, afirmou que o bombardeio estava sendo ampliado em áreas populosas onde não há posições militares.

“Elas estão sendo alvos para forçar as pessoas a se deslocarem”, disse à Reuters.

Dbis disse que o número de civis mortos pelo governo ou por forças russas está em mais de 730 pessoas, desde abril. O escritório da ONU para a Coordenação de Assuntos Humanitários afirmou que mais de 500 civis morreram nas hostilidades.

Rússia e Síria disseram que suas forças não têm o objetivo de atingir civis e estão buscando acertar militantes, inclusive a Frente Nusra, grupo jihadista conhecido atualmente como Hayat Tahrir al-Sham. 

A região noroeste, incluindo a província de Idlib, é parte do último grande bastião de oposição ao presidente Bashar al-Assad.

O lado do governo tem avançado em direção à cidade de Khan Sheikhoun, no sul da província de Idlib, ameaçando cercar o último bolsão restante de território controlado por rebeldes na província vizinha de Hama. 

Relacionadas

Últimos comentários

Adicionar comentário
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Discussão
Escrever uma resposta...
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.

Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos neste site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas neste site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos neste site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.

English (USA) English (UK) English (India) English (Canada) English (Australia) English (South Africa) English (Philippines) English (Nigeria) Deutsch Español (España) Español (México) Français Italiano Nederlands Português (Portugal) Polski Русский Türkçe ‏العربية‏ Ελληνικά Svenska Suomi עברית 日本語 한국어 中文 香港 Bahasa Indonesia Bahasa Melayu ไทย Tiếng Việt हिंदी
Sair
Tem certeza de que deseja sair?
NãoSim
CancelarSim
Salvando Alterações

+