Voto antecipado de mais de 50 milhões de norte-americanos sugere alto comparecimento

Voto antecipado de mais de 50 milhões de norte-americanos sugere alto comparecimento

Reuters  | 23.10.2020 17:35

Voto antecipado de mais de 50 milhões de norte-americanos sugere alto comparecimento

Por Andy Sullivan

WASHINGTON (Reuters) - Mais de 50 milhões de norte-americanos já depositaram suas cédulas para a eleição presidencial, disse um especialista em votação antecipada nesta sexta-feira, o que aponta para um possível comparecimento recorde para a disputa de 3 de novembro entre o presidente Donald Trump e o desafiante Joe Biden.

De acordo com Michael McDonald, do Projeto Eleições da Universidade da Flórida, ao menos 52 milhões de pessoas já votaram presencialmente ou pelo correio antes do dia da eleição.

Isto representa 22% de todos os eleitores habilitados. McDonald e outros especialistas preveem que a eleição pode estabelecer um recorde moderno de comparecimento, superando a participação de 60% de eleições presidenciais recentes.

O grande volume de votos antecipados dá ao republicano Trump menos margem de manobra para mudar opiniões antes de a votação concluir. Pesquisas de opinião o mostram atrás do democrata Biden, tanto nacionalmente quanto, por uma margem pequena, em vários Estados-chave que decidirão quem ocupará a Casa Branca em 20 de janeiro de 2021.

Trump disse que estas sondagens subestimam seu apoio. "Acho que estamos liderando em muitos Estados que vocês não sabem", disse ele aos repórteres na Casa Branca.

Seu gerente de campanha, Bill Stepien, disse que a corrida está ficando acirrada em Minnesota e que a equipe comprará mais anúncios de televisão ali --onde pesquisas também apontam uma vantagem de Biden.

O último debate com Biden na quinta-feira deu a Trump uma chance de mudar sua sorte, mas analistas disseram que o confronto televisivo dificilmente alterará de maneira fundamental a corrida.

Estimativas preliminares mostraram que menos pessoas assistiram a este debate do que ao primeiro confronto de setembro.

A maneira como Trump administra a pandemia de coronavírus, que já matou mais de 221 mil pessoas nos Estados Unidos e tirou o emprego de milhões, continua sendo a principal questão na mente dos eleitores.

Trump ataca com frequência a votação pelo correio, que aumenta em meio à pandemia, por não considerá-la confiável, e sua equipe vem combatendo os esforços dos Estados para ampliar uma prática que analistas dizem ser tão segura quanto qualquer outro método.

© Reuters. .

O próprio Trump já votou pelo correio em outras eleições, mas planeja fazê-lo em pessoa na Flórida no sábado, disse a Casa Branca.

Os dois candidatos dedicam muita atenção à Flórida, onde uma pesquisa Reuters/Ipsos desta semana revelou que Biden conquistou uma pequena dianteira depois de se ver em um empate estatístico uma semana antes.

(Reportagem adicional de Costas Pitas, Jeff Mason, Jarret Renshaw e Andrea Shalal)

Relacionadas

Últimos comentários

Adicionar comentário
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Discussão
Escrever uma resposta...
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.

Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos neste site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas neste site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos neste site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.

English (USA) English (UK) English (India) English (Canada) English (Australia) English (South Africa) English (Philippines) English (Nigeria) Deutsch Español (España) Español (México) Français Italiano Nederlands Português (Portugal) Polski Русский Türkçe ‏العربية‏ Ελληνικά Svenska Suomi עברית 日本語 한국어 简体中文 繁體中文 Bahasa Indonesia Bahasa Melayu ไทย Tiếng Việt हिंदी
Sair
Tem certeza de que deseja sair?
NãoSim
CancelarSim
Salvando Alterações

+

Baixe o aplicativo do Investing.com

Receba gratuitamente cotações, gráficos e alertas em tempo real sobre ações, índices, moedas, commodities e títulos. Acesse gratuitamente as melhores análises e previsões técnicas.

Investing.com é melhor no App!

Mais conteúdo, cotações e gráficos mais rápidos e uma experiência melhor estão disponíveis apenas no aplicativo.

';