A Diferença Entre Trade e Fundamento Em Nossa Discussão Sobre Banco Inter

A Diferença Entre Trade e Fundamento Em Nossa Discussão Sobre Banco Inter

Marilia Fontes  | 15.08.2019 17:34

Qual a diferença entre trade e fundamento?

O artigo de hoje é baseado em uma conversa entre eu e o Ragazi, ontem, no escritório.

O Ian nos perguntou: "É possível ter uma valorização de 400 por cento de um ação sem o fundamento acompanhando? É possível que uma ação suba 400 por cento em um movimento apenas de bolha? Essa alta não quer dizer que existe algum fundamento? E para o analista que não previu a alta, significa que ele errou?".

Essa conversa começou, pois eu e o Ragazi comentávamos o resultado do Banco Inter (SA:BIDI11)…

O Banco reportou um lucro de 32,9 milhões, que representa um ROE de 13 por cento, e, portanto, maior que os 10,6 por cento de ROE do mesmo trimestre do ano anterior:

Lucro Líquido

Parecem lindos os gráficos da apresentação da empresa, não?! SQN!

Cerca de 22 milhões desse resultado veio da parceria com WIZ (SA:WIZS3), que foi um resultado único e não-recorrente (apesar das demais parcelas ainda a receber).

Ou seja: na verdade, o lucro recorrente foi 11 milhões, o que equivale a um ROE de 4,5 por cento, e, portanto, um dos menores da história recente do banco.

A queda no resultado foi fruto de aumento de inadimplência e custos operacionais.

Mas voltando a pergunta do Ian, eu fui lá responder...

Opa! Claro que é possível ser uma bolha e qualquer ação pode subir sem absolutamente nenhum fundamento! Deixa eu te contar uma história...

Era uma vez uma empresa chamada OGX (SA:OGXP3)

Em 2009, no meio da recuperação rápida e gigantesca da nossa bolsa, pós-crise da subprime, surgiu uma história de uma empresa que prometia ser o futuro das produtoras de petróleo.

Os Powerpoints eram animados; o CEO era cool e namorava uma famosa; a história era impecável e muito atraente.

O mercado adora uma boa história para aumentar suas esperanças.

"Ganhar dinheiro devagar e consistentemente é para os fracos! Queremos disrupção" - dizia o mercado.

OGX

As ações subiram 711 por cento…

Antes de virarem pó!!!

A empresa dependia do descobrimento de petróleo em áreas ainda não perfuradas. As promessas se esvaziaram quando não foi encontrado petróleo alí.

Agora, imagine você, quantos analistas fundamentalistas foram chamados dos mais exóticos xingamentos pois não acertaram uma alta de 700 por cento, enquanto ela acontecia?

Imagine você, a quantidade de especuladores que foram tidos como absolutos gênios por acertarem o movimento de alta, enquanto ele ainda acontecia?

E, claro, imagine você, quantos investidores sardinhas chegaram atrasados, compraram OGX (SA:OGXP3) perto da máxima e viram seu patrimônio virar pó?

Acha essa história muito específica?

Conhece a história do Bitcoin? A tecnologia revolucionária que iria mudar a forma com que as pessoas vêem o dinheiro, e iria para 100.000 dólares?

Bitcoin

Quantos gênios das criptomoedas você conheceu no ano passado?

Ainda não está convencido?

Já ouviu falar das revolucionárias empresas ".COM"?

Esse é o gráfico da NASDAQ na década de 90.

Diferenças entre trade e fundamento

Não tem problema nenhum você querer surfar grandes altas, e ganhar muito dinheiro com isso.

Ganhou dinheiro, eu digo "Amém!". Sem preconceitos!

Eu, particularmente, tenho o trade em minha formação e acho super válido.

Mas é preciso diferenciar o joio do trigo, e você vai entender por quê.

O trade tem a ver com fluxo, com o mercado entrar em uma onda, com o mercado operar uma história (seja ela verdadeira ou não).

O trade é muito mais suscetível a sorte, ao humor de mercado, aos boatos de fóruns.

O trade DEPENDE de novos entrantes a cada dia. Mais pessoas têm que comprar a sua tese, para que você consiga sair a tempo, com o ativo ainda em alta.

O trade tem chance MUITO maior de dar errado. Eu diria, umas 10 vezes mais.

O fundamento é bem mais controlado, e dificilmente dá errado no médio prazo. Você tem dados para comprovar a tese. Ela não depende de coisas mirabolantes e disruptivas.

É importante você saber que estilo vai querer seguir, ou até, que proporção do seu patrimônio vai destinar para cada estratégia.

E, acima de tudo, se você segue um analista, é importante você saber que tipo de analista é esse. E que jogo ele joga.

Não tem problema nenhum você seguir o trader! Totalmente válido!

Mas, como sempre pregamos aqui: você tem que estar 100 por cento ciente dos riscos que está correndo.

Tem que estar ciente de que trade é trade. É mais arriscado. Então, você tem que lidar com isso dentro dos percentuais do seu patrimônio.

O trade pode voltar (despencar) a qualquer momento.

Já o fundamento é bem mais difícil de mudar. Pois está atrelado ao resultado real da empresa, ao lucro, ao crescimento…

Sabendo que está perseguindo um trade, fique mais atento ao humor do mercado. Se achar que está virando contra, seja rápido na hora de sair. Enfim, cada um tem sua forma de operar.

Aqui na Nord, fazemos análise fundamentalista. E apenas isso. Somos bons nisso. Não fazemos trade. Ninguém é bom em tudo, não é mesmo? Mas é importante deixar claro que tipo de operações vamos perseguir.

Muito provavelmente você vai perder alguns grandes trades. Aquelas altas que ninguém sabe explicar direito porque estão ocorrendo.

Mas, se não pegarmos as maiores altas por fundamento, aí estaremos errando.

O que eu acho de Banco Inter (SA:BIDI4) nesses preços?

Olhei a queda no resultado e logo fui ver quanto estava o preço da ação. Imaginei que ela estaria caindo.

Para a minha surpresa, o Ragazi me disse que a ação fechou subindo quase 9 por cento no dia seguinte à divulgação. E que ele achava que o mercado parecia ter comprado a história do "Super App". Disse que a ação precificava 170 vezes lucro.

O Ragazi sempre foi um defensor voraz de Banco Inter (SA:BIDI4) aqui na Nord. Eu e o Bruce não gostávamos do case.

Mas, ontem, o próprio Ragazi me disse: "parece que agora esticou demais. A 90 vezes lucro o banco podia crescer o que já estava crescendo, com a mesma rentabilidade, que chegaria no resultado esperado pelo mercado, sem dificuldades. Nesse preço, ele precisa não somente crescer mais rápido do que hoje, como aumentar sua rentabilidade."

Eu não sou analista de equity, mas aqui vai o que eu acho do banco, baseado apenas no bom senso:

O banco se propõe a ser um banco digital que não cobra tarifas. Essas duas características possuem duas consequências.

O banco digital não possui agências ou intermediários, e, portanto, aumenta sua base de clientes captando novos interessados pela internet.

Disso, humildemente falando, eu entendo bem. É o meu business também.

Aquelas pessoas mais interessadas no seu conteúdo e com maior tendência a ser usuário intensivo do seu produto vêm logo no começo. Elas convertem rápido e dão muito retorno.

É como se você fosse pescar um peixe em um pesque e pague. Os peixes são bonitos, grandes, suculentos, e fáceis de pegar.

Mas, você sabe que se for para o oceano, não terá o mesmo índice de acerto. No oceano, você vai demorar meses para conseguir o mesmo peixe gordinho. No meio da pescaria vai puxar pneu, garrafa, e algumas sardinhas.

Os melhores clientes de todo o setor bancário, com mais dinheiro para gastar, estão nos grandes bancos, nos privates da vida, já sendo muito bem tratados e não pagando nada de tarifas. Eles dificilmente vão mudar.

O modelo de negócios do Inter foca nos clientes que não são primes, que têm menos dinheiro, e que gastam menos.

É possível que o Banco consiga rentabilizar melhor os clientes com o lançamento de um novo produto que se torne altamente lucrativo? Com certeza! Mas esse é o jogo que os investidores estão jogando: apostar em algo que ainda não aconteceu!

Até os grandes defensores do case admitem que ninguém sabe ainda como a rentabilidade futura virá.

Mas e o Super App, Marilia

Tem um nome lindo. Mas não é disruptivo. A Rappi já fez, e a cada dia uma nova empresa anuncia um Super App ou um Market Place.

E a revolução nos meios de pagamento?

O Itaú (SA:ITUB4) lançou o tal de "Iti". Você já viu?

Enfim, já estou me alongando demais. Mas fecho deixando claro que espero que quem está comprado no Banco Inter (SA:BIDI4) siga ganhando dinheiro e sendo muito feliz.

Mas vejo pouco fundamento nesses preços, e não posso deixar de fazer o meu alerta.

Será que Rappi, Uber (NYSE:UBER), iFood, serão as empresas do futuro? Ou será que serão parte da nova bolha das ".com"? Eu realmente não sei!

Na dúvida, considere sempre a possibilidade de a maré virar e tenha cuidado com o tamanho da sua exposição.

Marilia Fontes

Artigos Relacionados

Últimos comentários

Adicionar comentário
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
anderson rodrigues
anderson rodrigues

essa mulher escreve muito bem. ela passa a informação de forma neutra que nos faz ir atrás de analisar dados, acho a melhor escritora de artigos daqui, nada tendenciosa e sempre Clara.As vzs até joga mais p um lado mais sempre dando crédito a dúvida... é tipo a informação tá aí, te vira com ela.Eu particularmente acredito no Inter, tá muito disruptivo e tá se lançando em várias frentes, é fato q n tem nenhuma grande novidade e q trabalha na captação de gente como eu q ganha pouco, mas a verdade é q 99% do Brasil ganha pouco então ele tem muito que crescer.Serviços bancários Free, corretora Free, loja com cashback, fundos com cashback...  ... (Leia Mais)

11.09.2019 14:23 GMT· Responder
Octavio Barros
Octavio Barros

Concordo em partes com a sua análise. No entanto, gostaria de ressaltar alguns fatos:. . . 1. Mercado bancário brasileiro é dominado por poucos players altamente engessados. Nesse caso, o banco inter já sai com uma vantagem competitiva por não ter uma estrutura burocrática física para manter suas operações.. . . 2. Migrei do banco do brasil para o banco inter há 1 ano e meio. (melhor coisa que fiz na minha vida). Nunca fui tão bem tratado como cliente de um banco. . . . 3. Nunca vi em tão pouco tempo uma empresa desenvolver tantos produtos a custo zero para o cliente como o banco inter vem fazendo.. . . 4. Comparar OGX e BITCOIN com um banco que vem LUCRANDO modestamente, pois deixa explícito em seus relatórios que busca no curto/médio prazo o desenvolvimento de produtos/operações e conquista de market share e não aumentar o seu lucro? BITCOIN não é atrelado a nada e OGX nunca lucrou absolutamente nada. Essa comparação étriste. . . Eu gostaria de colocar outros pontos, mas esbarrei no limite de caracteres.. . . Abraços.  ... (Leia Mais)

21.08.2019 20:33 GMT· Responder
Maicon Marden
Maicon Marden

galera perdi meu tempo lendo isto? devolva meus 3 minutos de volta .  ... (Leia Mais)

21.08.2019 20:31 GMT· Responder
Gustavo Freire Thé
Gustavo Freire Thé

Depois desse Candle Elefante de hoje engolfando o candle de ontem a porrada pra cima amanhã é inevitável. De volta ao rally pra Lua!!!  ... (Leia Mais)

20.08.2019 22:17 GMT· Responder
André Dias
André Dias

Quero ver quando a bolha da BIDI estourar se terá esses monte de sardinha comentando na internet.  ... (Leia Mais)

20.08.2019 11:58 GMT· 2 · Responder
Eduardo Godinho de Abreu
Eduardo Godinho de Abreu

"disrupção" é a base dessa análise, como alguém pode prever o sucesso de algo novo? Bill Gates com um produto chamado de "janela" não conseguiu financiamento do seu projeto com nenhum banco, e virou um dos homens mais ricos do mundo! Eu continuo achando que esses analistas do século 21 vão desaparecer!  ... (Leia Mais)

18.08.2019 19:10 GMT· Responder
Rafael Scodro
Rafael Scodro

E magazine, será que podemos dizer que subiu por fundamentos ou pela promessa de domínio em uma área altamente competitiva como o comércio eletrônico?   ... (Leia Mais)

18.08.2019 17:51 GMT· Responder
Rafael Scodro
Rafael Scodro

E magazine, será que podemos dizer que subiu por fundamentos ou pela promessa de domínio em uma área altamente competitiva como o comércio eletrônico?   ... (Leia Mais)

18.08.2019 17:51 GMT· Responder
osmar de melo
osmar de melo

Maravilha de artigo, venho do bitcoin e e realmente assim e possível ganhar dinheiro, se vc passar do outro lado, vc tem que entender os bastidores da coisa ou vão te depenar.   ... (Leia Mais)

17.08.2019 21:26 GMT· Responder
Augusto Vargas
Augusto Vargas

eu concordo com o artigo sobre a diferença entre fundamento e trade. Mas existe um mito nos fundamentos, o mito de analista dizerem que sabem que uma ação vai subir a médio prazo. E isso é bem simples o fundamento é baseado no lucro da empresa e se a empresa for boa a própria inflação vai fazer os lucros subirem e as ações também. Então em grande parte das ações que um analista diz ter acertado, na verdade ele não acertou. Isso é diferente se comparado com ações do mesmo segmento. Mas olha como é fácil a médio prazo o itau tem grande probabilidade de subir mais que todos os outros de seu segmento por ser o maior de seu segmento. A mesma coisa vale pra Brf... então muito analista não acerta ele atira no obviu   ... (Leia Mais)

17.08.2019 19:11 GMT· Responder
Nilvo Tasso
Nilvo Tasso

A queda do banco Inter fui puramente influenciada pelo grande investidor squadra que se desfez de milhares de ações de uma vez. Quanta liquides vcs acham que precisaria para a squadra de desfazer de 4% do Inter de uma vez. Isso fez a cotação desabar e é lógico o resto o efeito manada explica. Mas como já disseram aqui as ações estão extremamente líquidas, então enquanto tiver alto volume temos boas possibilidades de grandes altas. Afinal análise seja técnica ou fundamentalista. Nada explica o magazine Luiza certo   ... (Leia Mais)

17.08.2019 16:16 GMT· Responder
Nilvo Tasso
Nilvo Tasso

Artigo interessante, mas não tem nada haver com o banco Inter. O exemplo da ogx era uma promessa de algo inexplorado. No caso do banco Inter, a gente vê um movimento de todos os grandes bancos indo pro virtual. E outra se o banco Inter conquistar apenas 2% do mercado dos 4 grandes bancos, ele crescerá 10 vezes. Então o banco Inter não precisa roubar os grandes endinheirados dos grandes bancos mas apenas 2% de mercado para seu PL zerar. Análise fria fundamentalista só analisa o passado e não o futuro   ... (Leia Mais)

17.08.2019 16:12 GMT· Responder
Gustavo Freire Thé
Gustavo Freire Thé

BIDI prossegue naturalmente em acumulação trocando de mãos até o encontro das médias móveis. permanece saudavelmente dentro da região de Fibonacci. Não há nada errado, vão estudar análise técnica.  ... (Leia Mais)

17.08.2019 13:00 GMT· Responder
Bira Silva Santos
Bira Silva Santos

operei no stop loss achei muito estranho subindo demais e caindo muito rápido efeito bolha mesmo  ... (Leia Mais)

17.08.2019 03:39 GMT· Responder
Maicon Marden
Maicon Marden

bidi11 ainda nem subiu... quando tiver a 400,00 pensarei em sair...  ... (Leia Mais)

17.08.2019 00:12 GMT· Responder
Jose Pereira
Jose Pereira

excelente artigo, com bons dados e argumentos!!!  ... (Leia Mais)

16.08.2019 20:05 GMT· Responder
Jose Pereira
Jose Pereira

excelente artigo, com bons dados e argumentos!!!  ... (Leia Mais)

16.08.2019 20:05 GMT· Responder
Manoel Lima
Manoel Lima

Eu tinha expectativa que o ITI seria muito bom, que seria uma forte concorrência nos meios de pagamento, mas ele já nasceu bem errado, com mentalidade dos grandes bancos, só usei para testar e nunca mais, o PicPay continua sendo a minha opção número 1.  ... (Leia Mais)

16.08.2019 15:29 GMT· Responder
Paulo Mendo
Paulo Mendo

Muito bom e relativamente imparcial artigo, apenas gostaria de salientar dois aspectos: será q a comparaçao com uma empresa altamente especulativa (OGXP3) q queria “descobrir” petroleo em áreas sequer perfuradas seria justa? Outro comentario seria em relacao ao grafico das “.COM”...sim ele procede...mas e as empresas q passaram pela peneira como Facebook, Amazon, Google, dentre varios outros exemplos??? Chamo a atencao para isso, pq (não intencionalmente) o texto sugere q todas as empresas “.COM” foram um desastre. Longe de mim querer comparar e apostar em Banco Inter como a nova Google do mundo digital...mas o dever de casa até agora eles têm feito direitinho. Outro detalhe é o fato e o grande número de correntistas - 2,5 milhões q diga-se de passagem em sua grande maioria, imensamente satisfeitos - conseguidos somente com o boca-a-boca, praticamente sem publicidade e marketing algum...  ... (Leia Mais)

16.08.2019 15:18 GMT· Responder
Bruno Nacif
Bruno Nacif

começou a corrigir forte. valor correto seria 45,00 nessas units  ... (Leia Mais)

16.08.2019 15:07 GMT· Responder
Rivelliton Cesar Souza Santos
Rivelliton Cesar Souza Santos

Excelente artigo.  ... (Leia Mais)

16.08.2019 14:52 GMT· Responder
Rivelliton Cesar Souza Santos
Rivelliton Cesar Souza Santos

Excelente artigo.  ... (Leia Mais)

16.08.2019 14:52 GMT· Responder
Jose Pereira
Jose Pereira

parabéns Marília, argumentos com números e cases verdadeiros, muito bem!  ... (Leia Mais)

16.08.2019 13:41 GMT· Responder
Jose Pereira
Jose Pereira

parabéns Marília, argumentos com números e cases verdadeiros, muito bem!  ... (Leia Mais)

16.08.2019 13:41 GMT· Responder
Vanderson Sales
Vanderson Sales

Bem imparcial sua análise! Parabéns pelo conteúdo, mas confio no banco e acredito, que os grandes bancos ganham mais dinheiro com a classe média que ainda pagam tarifas absurdas para ter um serviço de mais qualidade e acho que estes clientes que o Banco Inter estão tomando para eles. Ainda tem os MEI que preferem abrir contas com ele, pelo custo benefício. Enfim, não sabemos onde ele pode chegar, mas acredito que ainda é o começo.   ... (Leia Mais)

16.08.2019 12:35 GMT· Responder
Discussão
Escrever uma resposta...
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.

Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos neste site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas neste site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos neste site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.

English (USA) English (UK) English (India) English (Canada) English (Australia) English (South Africa) English (Philippines) English (Nigeria) Deutsch Español (España) Español (México) Français Italiano Nederlands Português (Portugal) Polski Русский Türkçe ‏العربية‏ Ελληνικά Svenska Suomi עברית 日本語 한국어 中文 香港 Bahasa Indonesia Bahasa Melayu ไทย Tiếng Việt हिंदी
Sair
Tem certeza de que deseja sair?
NãoSim
CancelarSim
Salvando Alterações

+