Análise NZDUSD: Impactos e Perspectivas de Exportações neozelandesas à China

Análise NZDUSD: Impactos e Perspectivas de Exportações neozelandesas à China

Rodrigo Rebecchi  | 12.11.2019 09:38

A Nova Zelândia é um dos fortes parceiros comerciais da China no fornecimento de commodities, das quais destacamos o ouro, leite e seus derivados, madeira, petróleo, carnes, vinho, alumínio, produtos agrícolas e hortifrútis. Sendo assim, com o agravamento da Guerra Comercial entre EUA X CHINA nos últimos meses influenciando no crescimento e na queda da produção dos chineses, foi natural um menor consumo de matéria-prima afetando também as vendas desses produtos da Nova Zelândia e derrubando a sua moeda, o Dólar Neozelandês.

Porém, num cenário mais recente, existe a expectativa de que as 2 maiores economias do mundo possam chegar a um grande acordo, pondo fim a este impasse que afeta globalmente a economia. Trump disse neste final de semana que as negociações caminhavam bem. Apesar das conversas andarem de forma mais lenta do que ele esperava, destacou que a China estava mais interessada no acordo do que os americanos. Ele foi contundente em dizer que só faria o acordo sem fosse um “grande acordo”, de interesse mútuo e resolvendo a questão da balança comercial entre os países.

Ainda apimentando as declarações, Trump disse que a China queria muito fazer um acordo, pois tiveram o pior ano de crescimento nos últimos 57 e que a sua cadeia de suprimentos estava em frangalhos.

Dado esse contexto, podemos partir para a Análise Gráfica do par NZDUSD. Notamos como houve uma desvalorização do Dólar Neozelandês (NZD) de aproximadamente -8,60%, despencando de 0.6785 para 0.6200, até achar compradores e começar a desenvolver uma tendência de alta nas últimas semanas, como notamos pelos topos e fundos ascendentes no gráfico diário.

Porém, pode existir uma barreira de vendedores entre os níveis 0.6425 até 0.6485, que já funcionaram como suporte no passado e agora podem atuar como resistência. No pregão desta segunda tivemos um candle interessante podendo apontar a entrada de compradores em outro suporte, nos 0.6350 (quase engolfou). Se confirmado, pode ser o driver que o mercado espera para um novo impulso capaz de romper acima dos 0.6485. Se confirmado, poderemos ter o desenvolvimento de um rali até os 0.6785 nos próximos meses, principalmente se sair um acordo entre EUA e China.

O QUE PODE ATRAPALHAR: nesta terça, às 22h de Brasília, teremos a Decisão da Taxa de Juros da Nova Zelândia. Espera-se mais um corte de -0,25%, caindo de 1% ao ano para apenas 0,75%. Lembrando que até março deste ano os juros no país estavam em 1,75% ao ano. Foi um movimento natural do Banco Central local para rebater os efeitos da Guerra Comercial, onde houve uma desaceleração. Derrubando-se os juros, cria-se mais crédito numa tentativa de impulsionar a economia.

Se tivermos mais um corte nos juros, isso poderá trazer um viés pessimista de momento ao NZD, podendo derrubar a sua cotação. Fica o meu alerta para um possível teste novamente da mínima dos últimos anos em 0.6200 projetando este cenário.

Rodrigo Rebecchi

Artigos Relacionados

Últimos comentários

Adicionar comentário
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Carolina Costa
Carolina Costa

  ... (Leia Mais)

12.11.2019 14:38 GMT· Responder
Discussão
Escrever uma resposta...
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.

Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos neste site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas neste site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos neste site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.

English (USA) English (UK) English (India) English (Canada) English (Australia) English (South Africa) English (Philippines) English (Nigeria) Deutsch Español (España) Español (México) Français Italiano Nederlands Português (Portugal) Polski Русский Türkçe ‏العربية‏ Ελληνικά Svenska Suomi עברית 日本語 한국어 中文 香港 Bahasa Indonesia Bahasa Melayu ไทย Tiếng Việt हिंदी
Sair
Tem certeza de que deseja sair?
NãoSim
CancelarSim
Salvando Alterações

+