Dia Negativo à Espera do Plano Americano

Dia Negativo à Espera do Plano Americano

Jason Vieira  | 22.10.2020 07:36

Terceiro dia de mais do mesmo. 

A expectativa pelo plano de estímulos dos EUA, agora adiado até amanhã já tira ímpeto dos mercados e elevam o ceticismo dos investidores, ao mesmo tempo em que eleva o foco para o crescente problema da segunda onda pandêmica na Europa. 

Como citamos anteriormente, em um mercado que se mostra cada vez mais dependente de estímulos para manter seu ímpeto bullish, a falta deles abre espaço para o questionamento da eficácia das políticas adotadas até agora, em especial por bancos centrais e como isso pode se reverter em um problema de dimensões incontroláveis no futuro. 

Todavia, o curto prazo está formatado para receber esta onda de novos recursos, agora sob o pretexto da pandemia e a reversão de seus mais graves. 

O problema é que o atual sistema ainda remonta aos alívios quantitativos de 2009 e muito pouco foi feito para se buscar a solução de retirada de tais estímulos, ou seja, o mundo vive numa armadilha keynesiana e sequer tem ideia de como desarma-la. 

Politicamente, o segundo e último debate entre Joe Biden e Donald Trump chama a atenção e ao possível posicionamento de Trump diante do fiasco do debate anterior, considerado um dos piores da história americana. 

Biden apático, se recusando a responder perguntas importantes como do aparelhamento do supremo e Trump excessivamente agressivo, deixando o debate rasteiro e sem conteúdo. 

Não foi produtivo para nenhum dos dois e principalmente, para os eleitores. 

Trump deve tentar reverter parte disso hoje, devido sua distância considerável do democrata nas pesquisas, ameaçando sua reeleição, o que não acontece com um republicano desde Bush pai (quando perdeu para Bill Clinton em 1992). 

Localmente, as atenções se voltam às poucas notícias relacionadas à política, em meio à trégua dos poderes devido às eleições municipais que esvaziam fortemente o congresso nacional, além da polêmica da vacina. 

Destaque na agenda macro dos EUA para indicadores antecedentes e venda de imóveis pré-existentes. 

Na agenda corporativa, destacam-se os resultados de Intel (NASDAQ:INTC), Coca-Cola, AT&T, Union Pacific. Kimberly-Clark (NYSE:KMB), Hyundai, Dow, VeriSign, Seagate, Snap (NYSE:SNAP), American Airlines, Sonoco e Mattel. 

ABERTURA DE MERCADOS 

A abertura na Europa é negativa e os futuros NY abrem em baixa, na expectativa por novidades do plano de alívio da COVID-19 nos EUA. 

Em Ásia-Pacífico, quedas, com a perspectiva de baixo crescimento pelo FMI. 

O dólar opera em alta contra a maioria das divisas centrais, enquanto os Treasuries operam negativos em todos os vencimentos. 

Entre as commodities metálicas, quedas, exceção ao minério de ferro. 

O petróleo abriu em alta em Londres e Nova York, apesar da elevação dos estoques de gasolina. 

O índice VIX de volatilidade abre em alta de 2,20%. 

CÂMBIO

Dólar à vista : R$ 5,606 / 0,00 %

Euro / Dólar : US$ 1,18 / -0,186%

Dólar / Yen : ¥ 104,67 / 0,134%

Libra / Dólar : US$ 1,31 / -0,441%

Dólar Fut. (1 m) : 5611,96 / 0,43 %

JUROS FUTUROS (DI)

DI - Julho 22: 3,97 % aa (-1,49%)

DI - Janeiro 23: 4,58 % aa (0,88%)

DI - Janeiro 25: 6,37 % aa (0,63%)

DI - Janeiro 27: 7,28 % aa (0,69%)

BOLSAS DE VALORES

FECHAMENTO

Ibovespa: 0,0125% /  100.552 pontos

Dow Jones: -0,3461% /  28.211 pontos

Nasdaq: -0,2761% /  11.485 pontos

Nikkei: -0,70% /  23.474 pontos

Hang Seng: 0,13%  /  24.786 pontos

ASX 200: -0,29% /  6.174 pontos

ABERTURA

DAX: -0,092% / 12546,15 pontos

CAC 40: -0,006% / 4853,68 pontos

FTSE: -0,524% / 5746,24 pontos

Ibov. Fut.: 0,00% / 100662,00 pontos

S&P Fut.: -0,122% / 3428,30 pontos

Nasdaq Fut.: -0,321% / 11668,50 pontos

COMMODITIES

Índice Bloomberg: -0,10% / 74,05 ptos

Petróleo WTI: 0,32% /  $40,27

Petróleo Brent: 0,22% /  $41,91

Ouro: -0,38% /  $1.917,42

Minério de Ferro: 0,82% / ‎¥‎ $121,56

Soja: 0,02% / $1.075,75

Milho: -0,30% /  $414,25

Café: -0,43% /  $103,80

Açúcar: 0,83% /  $14,65

Jason Vieira

Artigos Relacionados

Últimos comentários

Adicionar comentário
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Juliano Reginaldo
Juliano Reginaldo

Dia negativo hahahaha  ... (Leia Mais)

22.10.2020 22:03 GMT· Responder
Antonio Salviano
Antonio Salviano

Bom dia Jenson Vieira.   ... (Leia Mais)

22.10.2020 14:32 GMT· Responder
Gabriel Vinícius
Gabriel Vinícius

O grande problema causado pelas ideias keynesianas, também se trata de um ciclo que se retroalimenta. Como as manobras aplicadas no passado só ampliaram as distorções, agora existe a necessidade de mais estímulos, aumentando o tamanho da bolha no longo prazo.  ... (Leia Mais)

22.10.2020 11:25 GMT· Responder
Discussão
Escrever uma resposta...
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.

Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos neste site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas neste site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos neste site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.

English (USA) English (UK) English (India) English (Canada) English (Australia) English (South Africa) English (Philippines) English (Nigeria) Deutsch Español (España) Español (México) Français Italiano Nederlands Português (Portugal) Polski Русский Türkçe ‏العربية‏ Ελληνικά Svenska Suomi עברית 日本語 한국어 简体中文 繁體中文 Bahasa Indonesia Bahasa Melayu ไทย Tiếng Việt हिंदी
Sair
Tem certeza de que deseja sair?
NãoSim
CancelarSim
Salvando Alterações

+

Baixe o aplicativo do Investing.com

Receba gratuitamente cotações, gráficos e alertas em tempo real sobre ações, índices, moedas, commodities e títulos. Acesse gratuitamente as melhores análises e previsões técnicas.

Investing.com é melhor no App!

Mais conteúdo, cotações e gráficos mais rápidos e uma experiência melhor estão disponíveis apenas no aplicativo.

';