Investidores Apostaram em Setores Mais Arriscados em 2019

Investidores Apostaram em Setores Mais Arriscados em 2019

Investing.com  | 20.12.2019 10:54

Este artigo foi escrito exclusivamente para o Investing.com

Sem dúvida 2019 foi um ano de apetite para o risco por parte dos investidores. As taxas de juros despencaram por causa dos temores com o crescimento mundial, fazendo os mercados subirem forte desde as mínimas de 2018. Setores como o de semicondutores, tecnologia e biotecnologia dispararam nos EUA, à medida que os investidores rapidamente deixavam de lado o pessimismo do ano passado e se arriscavam mais.

Setores defensivos ou ligados às perspectivas de crescimento mundial atingiram o fundo do poço e apresentaram um desempenho bem abaixo do S&P 500. Mas agora que 2019 está chegando ao fim e se inicia uma nova década, vale a pena se perguntar se a força de 2019 pode continuar.

SPDR S&P 500 Diário

Apetite para o risco

Tomando como base os fundos setoriais com cotas negociadas em bolsa (ETFs) desde 18 de dezembro nos EUA, o setor de semicondutores teve o melhor ano considerando o fundo VanEck Vectors Semiconductor (NYSE:SMH), que saltou impressionantes 62%. Além disso, o setor de tecnologia como um todo teve um bom ano de 2019, com o ETF Technology Select Sector SPDR (NYSE:XLK) se valorizando quase 46%. Em seguida veio o setor de biotecnologia, medido pelo ETF SPDR S&P Biotech (NYSE:XBI), que subiu cerca de 34%. Esses ganhos significativos se destacam quando comparados ao ETF (NYSE:SPY) da SPDR para o índice S&P 500, que teve uma valorização de aproximadamente 28%.

VanEck Vectors Semiconductor ETF Diário

Os setores de semicondutores, tecnologia e biotecnologia representam algumas das áreas mais arriscadas do mercado acionário norte-americano, composto por empresas com rápido crescimento de receitas e lucros. Além disso, os valuations e múltiplos de resultados desses grupos podem ser bastante vultosos se comparados ao S&P 500 mais amplo. Inerentemente, esses setores tendem a ser mais arriscados.

Não é por outra razão que esses três setores estiveram entre os maiores perdedores em 2018. Desde as suas máximas de 2018, o Biotech XBI despencou 29%, o Semiconductor SMH afundou quase 23% e o Technology XLK caiu mais de 18%. Novamente, em uma época de catástrofe, os setores de risco do mercado são os mais castigados.

Setores defensivos e ligados ao crescimento mundial deixaram a desejar

Mas o robusto desempenho deste ano dos setores de risco do mercado ocorreu em prejuízo de setores menos atrativos e grupos mais defensivos por natureza. As ações de energia foram o grupo com o pior desempenho, tomando como base o Energy Select Sector SPDR (NYSE:XLE), que subiu quase 7%. Em seguida veio o setor de saúde, medido pelo Health Care SPDR (NYSE:XLV), que saltou cerca de 18%, e o de materiais básicos representado pelo Materials Select Sector SPDR (NYSE:XLB), que se valorizou aproximadamente 20%. Com um desempenho um pouco melhor, o setor de serviços públicos, medido pelo Utilities Select Sector SPDR (NYSE:XLU), e o de produtos básicos de consumo, representado pelo Consumer Staples Select Sector SPDR (NYSE:XLP), subiram cerca de 22% e 23%, respectivamente.

Energy Select Sector SPDR, Diário

Os investidores claramente não quiseram se posicionar em setores relacionados a commodities que dependessem de um dólar forte ou do crescimento mundial. Apesar de o ETF XLE ter caído cerca de 27% e o ETF XLB ter tido um declínio de aproximadamente 21% desde suas máximas de 2018, os dois grupos não conseguiram se recuperar significativamente em 2019, continuando bem abaixo dos seus picos do ano passado. Além disso, a aproximação das eleições presidenciais e os rumores envolvendo o projeto “Medicare for all” fizeram os investidores ficar de fora do setor de saúde.

2020 será o ano da virada?

A grande questão para 2020 é saber se o apetite para o risco irá predominar entre os investidores ou se eles vão procurar um novo grupo de ativos para se posicionar. Se a economia ao redor do mundo de fato melhorar, os setores de energia e materiais básicos podem acabar se beneficiando.

Neste momento, não é possível saber se o mercado continuará tomando risco em 2020 ou se os investidores mudarão sua atenção para alguns dos setores que tiveram baixo desempenho em 2019.

Só o tempo dirá.

Investing.com

Artigos Relacionados

Últimos comentários

Adicionar comentário
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
hamilton trentin jr
hamilton trentin jr

falou tudo e não disse nada  ... (Leia Mais)

23.12.2019 03:59 GMT· Responder
hamilton trentin jr
hamilton trentin jr

falou tudo e não disse nada  ... (Leia Mais)

23.12.2019 03:59 GMT· Responder
Discussão
Escrever uma resposta...
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.

Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos neste site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas neste site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos neste site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.

English (USA) English (UK) English (India) English (Canada) English (Australia) English (South Africa) English (Philippines) English (Nigeria) Deutsch Español (España) Español (México) Français Italiano Nederlands Português (Portugal) Polski Русский Türkçe ‏العربية‏ Ελληνικά Svenska Suomi עברית 日本語 한국어 中文 香港 Bahasa Indonesia Bahasa Melayu ไทย Tiếng Việt हिंदी
Sair
Tem certeza de que deseja sair?
NãoSim
CancelarSim
Salvando Alterações

+

Baixe o App

Mais informações sobre o mercado, mais alertas, mais opções de personalizar seus ativos em sua carteira, apenas pelo App

Baixe o App

Mais informações sobre o mercado, mais alertas, mais opções de personalizar seus ativos em sua carteira, apenas pelo App