Mercado Reage a Powell. Em Busca de Um Gatilho para Realização de Lucros?

Mercado Reage a Powell. Em Busca de Um Gatilho para Realização de Lucros?

Jason Vieira  | 14.05.2020 07:51

Ainda é difícil entender a reação dos investidores globais ontem às declarações de Jerome Powell sobre o estado da economia americana e a necessidade de estímulos adicionais.

Após o mundo entender que o informacional fornecido pela China sobre a doença estava subestimado além do que usualmente se esperava do país, a crise atual se desenha como provavelmente a pior da história recente da humanidade e sem nenhuma surpresa, demandará estímulos adicionais aos atualmente propostos.

O descolamento do mercado financeiro da realidade macroeconômica não é recente, todavia ganhou contornos especiais com a crise viral, quando bolsas de valores divulgam resultados positivos após a divulgação do pior desemprego na história recente dos EUA.

Agora, alguns atribuem também o mal humor ao comentário de que os EUA não devem adentrar aos juros negativos. Se a armadilha de liquidez que os países inseridos em juros muito baixos ou negativos reduziu o arsenal para enfrentar a crise viral, imaginem os EUA adentrando igual situação.

Não faz sentido.

“Embora a resposta econômica tenha sido oportuna e adequadamente grande, talvez este não seja o capítulo final, já que o caminho a seguir é altamente incerto e sujeito a riscos negativos significativos”.

A fala foi concisa e sem grandes novidades, porém mostra a necessidade do mercado de um gatilho para a correção dos ativos.

Localmente, entre a entrega de exames do COVID-19 e a espera pelo conteúdo do vídeo da reunião ministerial, o temor dos investidores continua pela ausência de governabilidade, possibilidade do congresso começar a aprovar legislações esdruxulas, especialmente com os bancos como alvos, além de descalabros fiscais consideráveis.

Como citamos anteriormente, a aproximação ao Centrão por parte do executivo pode trazer a tão necessária governabilidade, porém o custo fiscal pode ser consideravelmente elevado, se a Paulo Guedes não for dado o devido poder de decisão contra este fronte político.

No âmbito corporativo, agenda pesada com resultados de Anima (SA:ANIM3), Azul (SA:AZUL4), B3 (SA:B3SA3), ABC Brasil (SA:ABCB4), Indusval (SA:IDVL4), BR Malls (SA:BRML3), Bradespar (SA:BRAP4), C&A (SA:CEAB3), Centauro (SA:CNTO3), CPFL (SA:CPFE3), CSN (SA:CSNA3), Cyrela (SA:CYRE3), EZTec, Fleury (SA:FLRY3), Grendene (SA:GRND3), Iochpe-Maxion (SA:MYPK3), JBS (SA:JBSS3), JSL (SA:JSLG3), Localiza (SA:RENT3), Lopes, Lupatech (SA:LUPA3), Petrobrás, Sabesp (SA:SBSP3), Saraiva (SA:SLED4), Suzano (SA:SUZB3), Taesa (SA:TAEE11), Taurus, Tecnisa (SA:TCSA3), Vivara (SA:VIVA3) e Viver. No exterior Deutsche Telekom, Fujitsu, Konami, Mazda.

ABERTURA DE MERCADOS
A abertura na Europa é negativa e os futuros NY abrem em baixa, após a fala realista de Powell.

Em Ásia-Pacífico, fechamento negativo, pelos temores dos efeitos econômicos do vírus.

O dólar opera em alta contra a maioria das divisas centrais, enquanto os Treasuries operam negativos em todos os vencimentos.

Entre as commodities metálicas, altas no geral, exceção ao cobre.

O petróleo abriu em alta em Londres e Nova York, após a queda inesperada dos estoques nos EUA.

O índice VIX de volatilidade abre em alta de 1,81%.

CÂMBIO
Dólar à vista : R$ 5,8858 / 0,00 %
Euro / Dólar : US$ 1,08 / -0,092%
Dólar / Yen : ¥ 106,96 / -0,140%
Libra / Dólar : US$ 1,22 / -0,082%
Dólar Fut. (1 m) : 5933,85 / 0,81 %

JUROS FUTUROS (DI)
DI - Janeiro 22: 3,64 % aa (-0,12%)
DI - Janeiro 23: 4,94 % aa (4,44%)
DI - Janeiro 25: 6,86 % aa (2,54%)
DI - Janeiro 27: 7,96 % aa (2,18%)

BOLSAS DE VALORES
FECHAMENTO
Ibovespa: -0,1282% / 77.772 pontos
Dow Jones: -2,1747% / 23.248 pontos
Nasdaq: -1,5483% / 8.863 pontos

Nikkei: -1,74% / 19.915 pontos
Hang Seng: -1,45% / 23.830 pontos
ASX 200: -1,72% / 5.329 pontos

ABERTURA
DAX: -1,828% / 10349,99 pontos
CAC 40: -2,111% / 4253,24 pontos
FTSE: -2,339% / 5765,96 pontos

Ibov. Fut.: 0,12% / 78011,00 pontos
S&P Fut.: 0,032% / 2807,80 pontos
Nasdaq Fut.: 0,450% / 9002,50 pontos

COMMODITIES
Índice Bloomberg: 0,39% / 60,86 ptos

Petróleo WTI: 5,30% / $26,53
Petróleo Brent: 3,60% / $30,42

Ouro: 0,16% / $1.717,05
Minério de Ferro: 0,61% / $88,35

Soja: 0,12% / $837,00
Milho: -1,08% / $320,25 $320,25
Café: 1,74% / $105,35
Açúcar: 3,02% / $10,61


Jason Vieira

Artigos Relacionados

Últimos comentários

Adicionar comentário
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Eduardo Arantes
Eduardo Arantes

Sempre com bons textos, ultimamete tem sido publicado mto asneira tendenciosa na investing..  ... (Leia Mais)

14.05.2020 12:34 GMT· Responder
Bruno Reis Curas e Libertações
Bruno Reis Curas e Libertações

Bom dia sucesso a todos investidores   ... (Leia Mais)

14.05.2020 11:53 GMT· Responder
Varga
Varga

Bom dia e bons negócios à todos.  ... (Leia Mais)

14.05.2020 11:42 GMT· Responder
Antonio Salviano
Antonio Salviano

Bom dia Jenson Vieira. Bom dia mercado.   ... (Leia Mais)

14.05.2020 10:58 GMT· Responder
Discussão
Escrever uma resposta...
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.

Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos neste site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas neste site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos neste site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.

English (USA) English (UK) English (India) English (Canada) English (Australia) English (South Africa) English (Philippines) English (Nigeria) Deutsch Español (España) Español (México) Français Italiano Nederlands Português (Portugal) Polski Русский Türkçe ‏العربية‏ Ελληνικά Svenska Suomi עברית 日本語 한국어 简体中文 繁體中文 Bahasa Indonesia Bahasa Melayu ไทย Tiếng Việt हिंदी
Sair
Tem certeza de que deseja sair?
NãoSim
CancelarSim
Salvando Alterações

+

Baixe o aplicativo do Investing.com

Receba gratuitamente cotações, gráficos e alertas em tempo real sobre ações, índices, moedas, commodities e títulos. Acesse gratuitamente as melhores análises e previsões técnicas.

Investing.com é melhor no App!

Mais conteúdo, cotações e gráficos mais rápidos e uma experiência melhor estão disponíveis apenas no aplicativo.