Mercados em "Stand By" Depois das Fortes Altas no Início da Semana

Mercados em "Stand By" Depois das Fortes Altas no Início da Semana

Haramoto  | 19.04.2018 08:07

ÁSIA: Os mercados da Ásia performaram positivamente durante a madrugada desta quinta-feira, em meio a uma melhora do sentimento dos investidores depois dos ganhos obtidos pelas bolsas americanas. Os preços do petróleo também reagiram depois de fecharem em alta de 3% na última sessão.

O índice da MSCI para as ações da região Ásia-Pacífico, excluindo o Japão, subiu quase 1%, liderado pelo aumento de 2,9% no setor de materiais básicos.

O Nikkei do Japão adicionou 0,15%, para fechar em 22.191,18 pontos, com o setor de materiais contribuindo para os ganhos. O índice reduziu parte dos ganhos no período da tarde, depois de atingir a máxima de sete semanas. Enquanto isso, os subíndices do Topix para aço e metais não-ferrosos estavam entre os setores de melhor desempenho, subindo 2,44% e 2,91%, respectivamente.

Os investidores também acompanharam a reunião entre o presidente dos EUA, Donald Trump e o primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, onde ambos se comprometerem a iniciar negociações comerciais. Os exportadores japoneses "certamente se beneficiarão" de quaisquer acordos de livre comércio entre os dois países.

Em Seul, o Kospi se firmou numa alta de 0,25%, em 2.486,10 pontos, em meio a ganhos em siderúrgicas e outras empresas de manufatura. O setor de tecnologia teve um desempenho misto, com a gigante Samsung Electronics fechando em alta de 2,76%.

Os mercados da China também avançaram: o índice Hang Seng de Hong Kong subiu 1,40%, com o setor de energia saltando 3,73%. Os produtores de petróleo se beneficiaram da alta nos preços do petróleo. As ações do setor de materiais subiam 4,26% antes do fechamento do mercado. No continente, o composto de Xangai adicionou 0,85% para fechar em 3.117,55 pontos e o composto de Shenzhen subiu 0,6% para 1.814,64 pontos.

Em Sydney, o ASX 200 subiu 0,33%, para terminar em 5.881 pontos. O setor de materiais subiu na esteira dos ganhos nos mercados de metais. A mineradora Rio Tinto (LON:RIO) saltou 3,2% e BHP Biliton subiu 3%. A última anunciou um aumento de 8% na produção de minério de ferro no terceiro trimestre, embora também tenha reduzido ligeiramente a meta do ano fiscal de 2018 para o minério de ferro.

EUROPA: Os mercados europeus operam entre altas e baixas na quinta-feira de manhã, com os investidores reagindo à novos ganhos e ao aumento dos preços do petróleo. O pan-europeu Stoxx 600 opera próximo da estabilidade durante os primeiros negócios da manhã, com as principais bolsas e setores apontando em direções opostas.

O índice FTSE 100 do Reino Unido opera em alta, na sequência de uma alta de 1,3% na quarta-feira. Naquela sessão, o benchmark de Londres teve seu melhor fechamento desde 5 de fevereiro, quando a libra caiu após os dados mostrarem uma queda inesperada na inflação.

Uma libra mais fraca tende a sustentar o índice britânico, já que suas empresas multinacionais geram a maior parte de suas vendas em moedas estrangeiras.

A libra move-se para baixo depois que os dados mostraram que as vendas no varejo caíram 1,2% no Reino Unido em março, comparativamente ao mês anterior. Os analistas previam um declínio de 0,4%. A leitura veio na esteira dos dados decepcionantes de salários e inflação publicados no início da semana, que foram vistos como uma forma de aliviar a pressão sobre o Banco da Inglaterra para aumentar as taxas mais de uma vez este ano.

Uma contínua recuperação do petróleo e dos metais também ajudam o FTSE 100, que tem o setor de commodities com peso ponderado significativo.

Os preços do níquel estavam sendo negociados no maior nível desde 2014, se beneficiando das preocupações de que a produtora russa de níquel Norilsk Nickel seria incluída nas sanções dos EUA contra Moscou.

As sanções contra a maior produtora russa de alumínio, a United Co. Rusal são vistas como vetor para a alta dos preços do alumínio para seu nível mais alto em mais de seis anos. O metal continua a sua alta nesta quinta-feira.

Entre as empresas de mineração listadas na LSE, Anglo American (LON:AAL) sobe 0,9%, Antofagasta (LON:ANTO) e BHP Biliton sobem 0,4% cada e Rio Tinto registra uma ligeira queda de 0,2%.

Os preços do petróleo também sobem, sendo negociados no nível mais alto desde 2014, impulsionados pelos dados de oferta dos EUA na quarta-feira. Os investidores aguardam o resultado da reunião conjunta do Comitê de Monitoramento Ministerial dos Países Exportadores de Petróleo e não-OPEP, prevista para a sexta-feira.

EUA: Os índices futuros de ações dos Estados Unidos operam entre altas e baixas na manhã desta quinta-feira. Um fechamento positivo coloca os principais indicadores no caminho certo para o segundo dia consecutivo de alta, mantendo-se no curso para um ganho semanal, impulsionado pelo entusiasmo sobre os lucros corporativos do primeiro trimestre.

Na quarta-feira, o DJIA caiu 0,16%, prejudicado por um "selloff" da IBM (NYSE:IBM), após os últimos resultados da gigante de tecnologia, enquanto o S & P 500 subiu 0,08% e o Nasdaq avançou 0,19%. Os três indicadores mostram ganhos no acumulado do ano que variam de 0,1% a 5,7%, tendo se recuperado neste mês de suas quedas em março.

Os relatórios de lucros do primeiro trimestre atraíram a atenção dos investidores nesta semana, com a Netflix, Goldman Sachs e a UnitedHealth Group entre as empresas que divulgaram resultados animadores. Espera-se que os componentes do S & P 500 registrem um crescimento nos lucros de 17,3% no período, a maior taxa de expansão desde 2011.

Uma leitura sobre os pedidos de emprego semanais de abril e deve ser divulgados às 9h30 (horário de Brasília), com economistas esperando receber 230 mil pedidos. O índice de condições de negócios do Federal Reserve de Filadélfia será divulgado no mesmo horário.

Às 11h da manhã, o relatório de março do CB Leading Index está programado para ser divulgado.

Na frente do Federal Reserve, o governador do Fed, Lael Brainard, deve falar sobre a reforma regulatória em um fórum do setor financeiro em Washington, DC, às 9h da manhã.

Após a abertura do mercado, Randal Quarles, vice-presidente do Fed para supervisão financeira, deve prestar depoimento sobre a reforma regulatória perante um comitê do Senado às 11h da manhã.

Às 19h45, a presidente do Fed de Cleveland, Loretta Mester, deveria fazer um discurso sobre as perspectivas econômicas e políticas da escola de negócios da Universidade de Pittsburgh.

ÍNDICES FUTUROS - 7h30:
Dow: -0,11%
SP500: -0,18%
NASDAQ: -0,21%


OBSERVAÇÃO: Este material é um trabalho voluntário, resultado da compilação de dados divulgados em diversos sites da internet que são aqui resumidos de maneira didática para facilitar e agilizar a compreensão do leitor. O texto da sessão asiática está no tempo passado e a europeia no presente devido ao horário em que este relatório é redigido. Atentem-se para o horário de disponibilização dos dados.

Haramoto

Artigos Relacionados

Últimos comentários

Adicionar comentário
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Discussão
Escrever uma resposta...
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.

Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos neste site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas neste site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos neste site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.

English (USA) English (UK) English (India) English (Canada) English (Australia) English (South Africa) English (Philippines) English (Nigeria) Deutsch Español (España) Español (México) Français Italiano Nederlands Português (Portugal) Polski Русский Türkçe ‏العربية‏ Ελληνικά Svenska Suomi עברית 日本語 한국어 中文 香港 Bahasa Indonesia Bahasa Melayu ไทย Tiếng Việt हिंदी
Sair
Tem certeza de que deseja sair?
NãoSim
CancelarSim
Salvando Alterações

+