Fique por dentro de 5 principais notícias do mercado nesta sexta-feira

Fique por dentro de 5 principais notícias do mercado nesta sexta-feira

Investing.com  | 13.09.2019 07:09

Fique por dentro de 5 principais notícias do mercado nesta sexta-feira

Investing.com - As ações estão próximas de novos recordes de todos os tempos, depois que a China alimentou esperanças de um acordo comercial com os EUA. Aqui está o que você precisa saber sobre mercados financeiros nesta sexta-feira, 13 de setembro.

1. China incentiva esperanças comerciais

A China incentivou indiretamente as esperanças de entendimento comercial com os EUA, quando o editor do Global Times, Hu Xijin, sugeriu via Twitter que o governo chinês está se apoiando em compradores agrícolas para retomar as compras de soja e carne de porco dos americanos.

Os tweets de Hu não são política do governo, mas têm sido um indicador razoavelmente confiável do pensamento chinês sobre comércio nos últimos meses, refletindo o status do Global Times como veículo do pensamento do Partido Comunista Chinês.

A notícia veio depois que o presidente Donald Trump tentou subestimar um relatório da Bloomberg na quinta-feira, sugerindo que ele estava preparado para oferecer uma trégua temporária, adiando ou mesmo revertendo algumas tarifas dos EUA sobre produtos chineses. Trump disse a repórteres que “preferiria fechar todo o acordo”.

2. Ações fecham com maior alta de todos os tempos

Os sinais crescentes de um degelo entre os EUA e a China fizeram com que os mercados de ações voltassem a ficar próximas de maior alta de todos os tempos.

Às 6h45, os futuros do Dow subiram 94 pontos ou 0,3%, enquanto os futuros S&P 500 e os futuros do Nasdaq 100 também subiram 0,3%, sendo que S&P estava a menos de meio por cento longe do seu recorde.

As ações de risco encontravam seu reflexo no dólar e nos rendimentos dos títulos do Tesouro. O rendimento das notas de referência em 10 anos subia para 1,80%, o maior em mais de um mês e batia confortáveis ​​sete pontos-base acima do valor de referência em dois anos. Enquanto isso, o dólar caía contra o euro, a libra esterlina e o iene.

3. Libra esterlina: o maior nível desde julho

A libra subia alcançando uma máxima de quase dois meses, depois que uma reportagem de jornal deu um novo impulso às esperanças de que um Brexit desordenado e "sem acordo" seja evitado em 31 de outubro.

O London Times informou que o Partido Sindicalista Democrático da Irlanda do Norte havia efetivamente abandonado sua oposição a um plano que deixaria grande parte de sua economia sujeita à regulamentação da UE e não do Reino Unido após o Brexit, algo que dá ao primeiro-ministro Boris Johnson mais espaço para elaborar um plano de compromisso com os negociadores da UE. No entanto, o líder do DUP na Câmara dos Comuns negou a reportagem.

A libra, que foi negociada quase exclusivamente sob o risco Brexit nas últimas semanas, subia acima de US$ 1,24 pela primeira vez desde o final de julho e subia 1% em relação ao dólar, de US$ 1,2453 às 6h50 da manhã.

4. Sentimento do consumidor da Universidade de Michigan será divulgado hoje

A pesquisa de opinião dos consumidores da Universidade de Michigan, que será divulgada às 11h00, lidera um dia relativamente leve para os dados econômicos dos EUA. A pesquisa será publicada um dia depois que o principal índice de preços ao consumidor atingiu seu nível mais alto em 2019 - um aumento de 2,4% em relação ao ano anterior - em um desenvolvimento que fornece munição para aqueles que argumentam contra ações agressivas do Federal Reserve na próxima semana.

A ferramenta de monitoramento de taxas do Fed do Investing.com sugere que os mercados não veem mais um corte nas taxas na próxima semana como uma certeza. A probabilidade implícita de ação caiu de 92% para 87%.

O presidente da Federal Reseve, Jerome Powell, argumentou que a incerteza sobre a política comercial está entre os maiores obstáculos da economia dos EUA atualmente, e quaisquer medidas para elevar essa incerteza, por essa lógica, enfraqueceriam o argumento de flexibilização.

5. WeWork recebe autorização para IPO de volta à estrada, diz WSJ

A empresa-mãe da WeWork deve começar seu marketing de IPO na próxima semana, depois de concordar com concessões a investidores externos sobre questões de governança, informou o Wall Street Journal.

A empresa, como é conhecida, pretende listar na Nasdaq, acrescentou o WSJ. Não houve mais nenhuma atualização em relação à avaliação prospectiva, cujos relatórios foram reduzidos de US$ 47 bilhões para menos de US$ 20 bilhões nas últimas semanas.

Relacionadas

Últimos comentários

Adicionar comentário
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Daniel Moreno
Daniel Moreno

kkkkkkk  ... (Leia Mais)

13.09.2019 14:36 GMT· Responder
Ronaldo Cajares
Ronaldo Cajares

Não é novidade o “bull market” do fim de ano. Isso foi declarado e reverberado pelo presidente americano diversas vezes: natal/fim de ano. Salvar o comércio desse período é a motivação da reaproximação “tácita”. Tacito pois, não há obrigatoriedade formal nessa reaproximação EUA x China. Mesmo após essa temporada com a chegada do ano novo os animos podem e devem se fechar. A espectativa é de que haja continuidade nas relações e cordialidades reciprocas mas, isso é muito frágil para existir sem um acordo escrito e declarado abertamente pelos lideres. O momento agora é de aproveitar a onda do mercado e se recuperar desse cenário estressante. Bons negócios e olho no risco futuro do inicio de 2020 para o longo prazo.  ... (Leia Mais)

13.09.2019 12:37 GMT· Responder
Gustavo Perszel
Gustavo Perszel

Vai subir denovo rsrs...  ... (Leia Mais)

13.09.2019 12:18 GMT· Responder
Discussão
Escrever uma resposta...
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.

Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos neste site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas neste site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos neste site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.

English (USA) English (UK) English (India) English (Canada) English (Australia) English (South Africa) English (Philippines) English (Nigeria) Deutsch Español (España) Español (México) Français Italiano Nederlands Português (Portugal) Polski Русский Türkçe ‏العربية‏ Ελληνικά Svenska Suomi עברית 日本語 한국어 中文 香港 Bahasa Indonesia Bahasa Melayu ไทย Tiếng Việt हिंदी
Sair
Tem certeza de que deseja sair?
NãoSim
CancelarSim
Salvando Alterações

+