Europa: bolsas ficam mistas com disputa acirrada pela Casa Branca e PMIs do bloco

Europa: bolsas ficam mistas com disputa acirrada pela Casa Branca e PMIs do bloco

Estadão Conteúdo  | 04.11.2020 08:10

Europa: bolsas ficam mistas com disputa acirrada pela Casa Branca e PMIs do bloco

Depois de abrirem em baixa após a "onda azul" não se materializar nas eleições dos Estados Unidos, ao menos nesta madrugada, os mercados acionários europeus operam sem rumo único. As atenções estão voltadas para a contagem de votos na corrida pela Casa Branca, cada vez mais acirrada e que, por ora, deixa o resultado incerto. Em paralelo, os mercados acompanham a divulgação de dados do setor de serviços na zona do euro, com a preocupação sobre a dinâmica da pandemia por lá.

Às 7h28 desta quarta-feira (de Brasília), o índice pan-europeu STOXX 600 tinha elevação de 0,11%, aos 356,42 pontos.

Ao redor do globo, os investidores estão concentrados no voto a voto nas eleições dos EUA. A disputa pela Casa Branca está apertada e não se sabe, até o horário acima, quem a levará a melhor. O democrata Joe Biden tinha 238 votos no colégio eleitoral enquanto o presidente Donald Trump tinha 213. São necessários 270. Nas eleições de 2016, Trump teve 304 votos no colégio eleitoral.

"É certo que o presidente Trump foi muito melhor do que o esperado... Os resultados na Geórgia, Wisconsin, Michigan e Pensilvânia serão decisivos e Biden provavelmente só precisa vencer dois deles para reivindicar a vitória", avaliam os analistas do banco dinamarquês Danske Bank.

Como se o clima já não tivesse quente o suficiente, Trump disse na madrugada desta quarta-feira que o partido Republicano já ganhou a reeleição, que há uma "fraude enorme" e que irá à Suprema Corte para parar a apuração dos votos, confirmando a ameaça já feita. Por sua vez, o democrata Joe Biden manteve a esperança. "Mantenham a fé, caras. Vamos vencer isso", escreveu, em seu perfil no Twitter.

Para os economistas do banco alemão Commerzbank, Bernd Weidensteiner e Christoph Balz, não está claro quem será o vencedor das eleições e a falta de clareza não ajuda os mercados. "Pode agora demorar dias até que o vencedor seja determinado. Um resultado tão pouco claro é o mais desagradável para os mercados", dizem, em comentário a clientes.

Com o impasse nas eleições americanas e o atraso da contagem de votos em Estados-chave, os investidores digerem dados do setor de serviços na Europa no mês de outubro - e retomam a preocupação com a segunda onda de covid-19. Enquanto os índices de gerentes de compras da zona do euro e da Alemanha superaram a leitura prévia, no Reino Unido o indicador foi ao menor nível desde junho.

Já o índice de preços ao produtor (PPI, na sigla em inglês) da zona do euro veio em linha. Subiu 0,3% em setembro ante agosto, segundo dados publicados hoje pela Eurostat.

A economista para a zona do euro da Oxford Economics, Maddalena Martini, vê com preocupação a deterioração das perspectivas de curto prazo do bloco confirmada nos dados de hoje. "Com a confiança também impactada pela recente dinâmica da pandemia, a recuperação já foi interrompida após a retomada no terceiro trimestre, e os serviços sofrerão ainda mais com as medidas de bloqueio mais rígidas", avalia ela.

Enquanto nos mercados asiáticos, a suspensão da oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) do Ant Group, a maior do mundo, pesou por lá, na Europa, atenção para os setores bancário e automobilístico, em baixa nesta manhã. As ações da alemã BMW (MI:BMW) tinham queda de 1,7% e do HSBC (LON:HSBA), com sede em Londres, de 4%.

Nas praças acionárias do Velho Continente, as bolsas operavam sem direção única. Também às 7h28, em Londres, o índice FTSE 100 tinha alta de 0,07%, e o CAC 40, de Paris, de 0,11%, mas o DAX, de Frankfurt, caía 0,21%. No mesmo horário, o FTSE MIB, de Milão, apresentava queda de 0,20%, o IBEX 35, de Madri, baixava 1,25% e o PSI 20, de Lisboa, registrava desvalorização de 1,60%.

Últimos comentários

Adicionar comentário
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Discussão
Escrever uma resposta...
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.

Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos neste site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas neste site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos neste site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.

English (USA) English (UK) English (India) English (Canada) English (Australia) English (South Africa) English (Philippines) English (Nigeria) Deutsch Español (España) Español (México) Français Italiano Nederlands Português (Portugal) Polski Русский Türkçe ‏العربية‏ Ελληνικά Svenska Suomi עברית 日本語 한국어 简体中文 繁體中文 Bahasa Indonesia Bahasa Melayu ไทย Tiếng Việt हिंदी
Sair
Tem certeza de que deseja sair?
NãoSim
CancelarSim
Salvando Alterações

+

Baixe o aplicativo do Investing.com

Receba gratuitamente cotações, gráficos e alertas em tempo real sobre ações, índices, moedas, commodities e títulos. Acesse gratuitamente as melhores análises e previsões técnicas.

Investing.com é melhor no App!

Mais conteúdo, cotações e gráficos mais rápidos e uma experiência melhor estão disponíveis apenas no aplicativo.