FOCUS: mercado volta a reduzir projeções do PIB e do IPCA para 2019

FOCUS: mercado volta a reduzir projeções do PIB e do IPCA para 2019

Investing.com  | 26.08.2019 08:38

Focus: mercado volta a reduzir projeções do PIB e do IPCA para 2019

Investing,com - O Banco Central (BC) divulgou nesta segunda-feira mais uma edição do relatório Focus com projeções de analistas de mercado sobre as principais variáveis macroeconômicas. O principal destaque da edição a volta a ser a redução da expectativa do crescimento da economia brasileira em 2019, indo de 0,83% para 0,80%, sendo que quatro semanas atrás era de 0,82%, cenário que mostra uma certa estabilidade nas apostas. Para 2020, também houve queda de 2,20% para 2,10%.

O mercado reduziu a projeção do IPCA para o fechamento do ano, de 3,71% para 3,65% A projeção fica abaixo do centro da meta de inflação de 4,25% e dentro do intervalo de tolerância de 1,5 ponto percentual.

Há quatro semanas a aposta era de 3,75%. Para 2020, a estimativa dos analistas é que o índice oficial de inflação encerre o período em 3,85%, uma redução diante das estimativas anteriores, que eram de 3,90%, ficando ligeiramente abaixo do centro da meta de 4% estabelecido para o ano que vem.

As reduções da expectativa do PIB e do IPCA para 2019 e 2020 evidenciam a dificuldade de retomada a nível mais elevado do crescimento da economia brasileira, de acordo com as projeções dos analistas. Por isso, os economistas consultados pelo banco Central continuam apostando no estímulo monetário para impulsionar a atividade econômica, com a manutenção na expectativa da taxa Selic para o final ano em 5,00%, depois da redução em 0,5 ponto percentual na semana passada. Para 2020, a taxa foi reduzida de 5,50% para 5,25%.

Para a taxa de câmbio, a moeda deve fechar o ano a R$ 3,80, o que representa uma alta em relação à projeção da semana passada, que era de R$ 3,78. Para o encerramento de 2020, a aposta foi mantida R$ 3,81, depois de ter interrompendo na pesquisa anterior uma sequência de 12 semanas consecutivas de manutenção.

Relacionadas

Últimos comentários

Adicionar comentário
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Ottorino Cetti
Ottorino Cetti

Hoje o dolar està em R$ 4,15. BC deve aumentar a Selic nào diminuila. Se vai baixar a Seli perto de 5% Aa inflaçào vai disparar demais!!!  ... (Leia Mais)

26.08.2019 18:20 GMT· Responder
Maurício Winter Nicola
Maurício Winter Nicola

Rumo a recessão técnica. Parabéns Sr. Paulo Guedes!  ... (Leia Mais)

26.08.2019 12:23 GMT· Responder
Ottorino Cetti
Ottorino Cetti

O Brasil está caminhando a passos largos na mesma direção da Argentina! A teimosia e irresponsabilidade do COPOM em baixar juros está provocando esse caos cambial! Em breve e sem reservas, voltaremos ao FMI, e a SELIC (maquiada de hoje) estará em 80% a.a, como está hoje na Argentina. Governo malandro! Subam logo essa SELIC! Ninguém mais acredita nesse IPCA ridículo de 3%!!!  ... (Leia Mais)

26.08.2019 12:14 GMT· 6 · Responder
Ottorino Cetti
Ottorino Cetti

A redução da Taxa SELIC, pelo BC, foi precipitada. Agora será necessário aumentar, por causa do risco sistêmico. Ouvi alguém em uma entrevista dizendo que o câmbio ensina humildade aos economistas!!! Essas saídas e recursos internacionais podem não ser nada mas, mas pode ser uma aposta em uma desvalorização forte do Real, a níveis comparáveis para o atual contexto!!!  ... (Leia Mais)

26.08.2019 12:13 GMT· Responder
Ottorino Cetti
Ottorino Cetti

Focus està errado!  Se a meta de inflação é o intervalo entre 2,75% e 5,75% como podem esses analistas afirmarem que a inflação está abaixo da meta? Ora, a inflação está em 3,78%, portanto está dentro da meta, não abaixo da mesma. Não há razões para baixar a SELIC, muito pelo contrário, visto que os saques do FGTS irão pressionar o indicador, além de outros fatores próximos Se a economia dos EUA está forte, existe o risco de inflação nos EUA, podendo levar o FED a não baixar os juros (ou até elevar). Como pode BC brasileiro baixar a Selic perto de 5%? Assim o dolar pode chegar rapidamente ao R$ 5,00. Como os BC do mundo estão abaixando os juros, o investidor tende a preferir o tesouro americano, mais seguro e teoricamente mais rentável (nesse caso).  ... (Leia Mais)

26.08.2019 12:11 GMT· Responder
Discussão
Escrever uma resposta...
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.

Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos neste site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas neste site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos neste site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.

English (USA) English (UK) English (India) English (Canada) English (Australia) English (South Africa) English (Philippines) English (Nigeria) Deutsch Español (España) Español (México) Français Italiano Nederlands Português (Portugal) Polski Русский Türkçe ‏العربية‏ Ελληνικά Svenska Suomi עברית 日本語 한국어 中文 香港 Bahasa Indonesia Bahasa Melayu ไทย Tiếng Việt हिंदी
Sair
Tem certeza de que deseja sair?
NãoSim
CancelarSim
Salvando Alterações

+