StockBeat: Dados ruins trazem final rápido para o rali de alívio

StockBeat: Dados ruins trazem final rápido para o rali de alívio

Investing.com  | 14.08.2019 09:59

StockBeat: Dados ruins trazem final rápido para o rali de alívio

Por Geoffrey Smith

Investing.com - Bem, não durou muito, não é?

Os mercados acionários da Europa deram uma reviravolta na quarta-feira, quando notícias econômicas em vários tons de horror da China e da Alemanha rapidamente dissiparam qualquer otimismo causado na terça-feira pelo adiamento de novas tarifas dos EUA sobre as importações da China.

A economia da Alemanha encolheu 0,1% no segundo trimestre, de acordo com dados preliminares divulgados anteriormente, que confirmaram uma tendência já aparente em uma série de leituras pessimistas de pesquisas de negócios e do setor industrial. Posteriormente, o Eurostat confirmou que o crescimento da zona euro caía pela metade no segundo trimestre, para apenas 0,2%.

Os números alemães, marcados por uma fraqueza particular no setor de exportação, apenas ressaltaram a amplitude do sofrimento causado pela desaceleração econômica chinesa, mais evidências surgiram durante a noite com outra desaceleração no crescimento das vendas no varejo e a taxa mais fraca de produção industrial desde 2002.

Às 6h00 o índice de referência, o ({40823|Euro Stoxx 600}} caía 0,5%, para 370,54, enquanto o alemão Dax caía 0,8% e o italiano FTSE MIB ficava abaixo de 1,3%. O FTSE 100 caía 0,3% após a inflação ao consumidor subir para 2,1% em julho, diminuindo as chances de um corte antecipado da taxa de juros pelo Banco da Inglaterra antes da separação do Reino Unido da UE, prevista para o final de outubro.

As perdas foram lideradas pelas siderúrgicas ArcelorMittal (AS:MT) e Thyssenkrupp (DE:TKAG), que enfrentam ainda mais pressão sobre os preços se a superprodução chinesa resultar em uma enxurrada ainda maior de produtos baratos para os mercados mundiais. Ambas caíam mais de 3,5%.

Os bancos também se saíram mal em meio ao aumento constante dos riscos de recessão na Europa, o que iniciaria um novo ciclo de empréstimos inadimplentes depois de seis anos nos quais eles têm sido constantemente reduzidos. As ações da Alemanha no Commerzbank (DE:CBKG) caíram 3% para uma baixa histórica, caindo abaixo de 5 euros. O Unicredit (MI:CRDI) também caía 3%, enquanto o Deutsche Bank (DE:DBKGn), que estava em negociações para se fundir com o Commerzbank no início deste ano, caía 2,6%.

Ações sensíveis à economia chinesa também foram duramente atingidas, com todas as montadoras do continente caindo mais de 1% e fornecedores como Valeo (PA:VLOF) e Schaeffler (DE:SHA_p) caindo mais 2%. As marcas de bens de luxo também sofreram, com os grupos suíços Richemont (SIX:CFR) e Swatch (SIX:UHR) caindo mais à medida que um novo aumento no franco suíço atingiu o valor de seus ganhos estrangeiros.

Relacionadas

Últimos comentários

Adicionar comentário
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Discussão
Escrever uma resposta...
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.

Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos neste site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas neste site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos neste site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.

English (USA) English (UK) English (India) English (Canada) English (Australia) English (South Africa) English (Philippines) English (Nigeria) Deutsch Español (España) Español (México) Français Italiano Nederlands Português (Portugal) Polski Русский Türkçe ‏العربية‏ Ελληνικά Svenska Suomi עברית 日本語 한국어 中文 香港 Bahasa Indonesia Bahasa Melayu ไทย Tiếng Việt हिंदी
Sair
Tem certeza de que deseja sair?
NãoSim
CancelarSim
Salvando Alterações

+