Grandes marcas mergulham em torneios de videogames para conquistar público jovem, diz Nielsen

Grandes marcas mergulham em torneios de videogames para conquistar público jovem, diz Nielsen

Reuters  | 24.04.2019 14:40

Grandes marcas mergulham em torneios de videogames para conquistar público jovem, diz Nielsen

Por Hilary Russ

NOVA YORK (Reuters) - De empresas de alimentos a montadoras de carros, uma grande variedade de marcas está tentando alcançar um dos grupos demográficos mais quentes do momento: os fãs de competições profissionais de videogames.

Segundo pesquisa da empresa de análise de mercado Nielsen divulgada nesta quarta-feira, 39 por cento da exposição de marcas em transmissões de torneiros de "e-sports" em 2018 veio de companhias não relacionadas a videogames.

"De todas as formas de entretenimento, a maior paixão são os videogames", disse Nicole Pike, diretora-gerente da Nielsen e-sports, sobre os fãs de competições de videogames.

Essas empresas são chamadas de "não-endêmicas", uma vez que não são naturalmente alinhadas com os e-sports quanto aquelas que fabricam computadores, consoles e outros equipamentos para jogos, por exemplo.

A lista de marcas não endêmicas do setor já inclui nomes como Disney (NYSE:DIS), Spotify (NYSE:SPOT), Toyota (T:7203), Mastercard (NYSE:MA), Cheez-It, Hershey (NYSE:HSY), Sephora e The Wendy’s Co (NASDAQ:WEN) e só está aumentando.

A audiência dos e-sports, que inclui participação presencial nos torneios ou online está se expandindo. A maior parte dos fãs tem entre 18 e 35 anos de idade, sendo referidos como "adultos emergentes" no relatório da Nielsen.

Eles têm mais renda disponível do que fãs de outros esportes e muitos deixaram de consumir a mídia tradicional.

De fato, 61 por cento dos telespectadores de e-sports no Twitch, uma das principais plataformas de canais de e-sports, não assistem à televisão semanalmente, segundo a Nielsen, dificultando o alcance de formas tradicionais de marketing.

Entrar nos e-sports parece funcionar, já que 90 por cento dos telespectadores do Twitch podem nomear pelo menos um patrocinador não endêmico, segundo o levantamento.

Marcas vistas como genuinamente interessadas no espaço apresentam performance melhor do que aquelas que apenas colocam seu logotipo em uma camiseta, afirmam especialistas em publicidade e e-sports.

A Doritos, da PepsiCo (NASDAQ:PEP), por exemplo, patrocinou o evento "Doritos Bowl", no Twitch, envolvendo uma competição de Call of Duty entre nomes conhecidos do universo de streamers. Os fãs assistiram a quase 550 mil horas combinadas do torneio, segundo a Nielsen.

Um influxo de marcas não endêmicas também aumenta a credibilidade do ecossistema em evolução dos e-sports, disse Chad De Luca, diretor de jogos e esportes na Publicis Sport & Entertainment.

"É uma marca de aprovação de uma grande empresa", disse ele. OLBRENT Reuters Brazil Online Report Entertainment News 20190424T173802+0000

Relacionadas

Últimos comentários

Adicionar comentário
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Discussão
Escrever uma resposta...
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.

Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos neste site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas neste site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos neste site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.

English (USA) English (UK) English (India) English (Canada) English (Australia) English (South Africa) English (Philippines) English (Nigeria) Deutsch Español (España) Español (México) Français Italiano Nederlands Português (Portugal) Polski Русский Türkçe ‏العربية‏ Ελληνικά Svenska Suomi עברית 日本語 한국어 中文 香港 Bahasa Indonesia Bahasa Melayu ไทย Tiếng Việt हिंदी
Sair
Tem certeza de que deseja sair?
NãoSim
CancelarSim
Salvando Alterações

+

Baixe o App

Mais informações sobre o mercado, mais alertas, mais opções de personalizar seus ativos em sua carteira, apenas pelo App

Baixe o App

Mais informações sobre o mercado, mais alertas, mais opções de personalizar seus ativos em sua carteira, apenas pelo App